por 14:41 Sem categoria

Inscrição para curso de validação dos diplomas da Vizivali será de 4 a 15 de janeiro no IFPR

Inscrição para curso de validação dos diplomas da Vizivali será entre os dias 4 e 15 de janeiro no IFPR

O secretário-chefe do Gabinete do governador Roberto Requião, Carlos Moreira, avisa em seu blog – www.carlosmoreira.wordpress.com – que as inscrições ao curso que validará os diplomas dos professores formados em Normal Superior pelo Iesde/Vizivali serão entre os dias 4 e 15 de janeiro no Instituto Federal do Paraná (IFPR).

Moreira adianta que a divulgação da lista de aprovados será no dia 15 de março de 2010 e o início das aulas está marcada para o dia 29 de março. “Esse cronogram,a foi aprovado em reunião do Conselho Universitário do IFPR e normatiza a entrega da documentação, bem como o processo de inscrição”. O curso, segundo Moreira, regulariza a situação de os 35 mil estudantes do curso Normal superior, que não é reconhecido pelo Ministério de Educação (MEC).

Como deverão ser contratados professores para fazer parte das bancas responsáveis pela validação dos estudos anteriores, a taxa de inscrição, estabelecida pelo IFPR para todos os candidatos, será no valor de R$ 50,00.

Para validar o diploma e passar a ser reconhecidos como pedagogos, os professores deverão participar de 310 horas de aula, à distância, em curso complementar do IFPR. A Secretaria da Educação poderá contribuir, cedendo espaço nas salas de aula da rede estadual, onde o equipamento necessário à formação à distância está disponível.

Para inscrever-se no curso, o professor deve comprovar que tem o ensino médio completo, que atua na educação básica da rede estadual ou municipal ou que completou o curso Normal superior. A medida obteve o reconhecimento de professores e da União dos Dirigentes Municipais de Educação no Paraná.

O IFPR é referência nacional em formação à distância, com reconhecimento do MEC. Atualmente, são 240 telessalas, com transmissão das aulas via satélite. A experiência de complementar o currículo e validar os estudos realizados em outras instituições de ensino superior já havia sido realizada pela Universidade Federal do Paraná, durante a gestão de Carlos Moreira na reitoria. As vagas ociosas permitiram que estudantes de outras instituições tivessem a oportunidade de complementar seus estudos e obter o diploma da UFPR.

Fechar