por 11:01 Sem categoria

INDÚSTRIA DA MULTA COM TUDO EM CURITIBA

O prefeito Beto Richa (PSDB) acaba de prorrogar, pela oitava vez, o contrato com a Consilux Tecnologia, empresa que desde 1998 fornece, opera e mantém o sistema de radares em Curitiba. "De dezembro de 2002 para cá, a Consilux recebeu cerca de R$ 47,3 milhões pela prestação do serviço. A média de arrecadação anual do município, com todos os tipos de multas na capital (não só as de radares), foi de R$ 42 milhões nos últimos três anos", revela a Gazeta do Povo nesta sexta-feira (21).

A legislação brasileira obriga que esse tipo de serviço seja licitado. No entanto, permite que a empresa que ganhe a licitação para um ano tenha o contrato estendido para até cinco anos, sem nova concorrência pública. Foi o que a prefeitura fez. Segundo a assessoria da Urbs, a prorrogação pelo prazo máximo foi feita por uma questão de economia, para “aproveitar a locação dos equipamentos”. (Leia mais)

Fechar