por 10:50 Sem categoria

INDÍGENAS QUEREM FIM DO ALCOOLISMO NAS ALDEIAS

Representantes de organizações indígenas do Paraná se reuniram nesta terça-feira (11), no Ministério Público, em Curitiba, com as Secretarias de Estado da Saúde, Assuntos Estratégicos, Educação e Agricultura, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e Fundação Nacional do Índio (Funai) para discutir a questão do alcoolismo dentro de comunidades indígenas do estado. De acordo com a Funasa, o problema atinge 8% da população indígena.

O coordenador regional da Funasa no Paraná, Vinícios Reali Paraná, explicou que as tribos Guarani, Kainkang, Xokleng e Xetá são as principais afetadas pela dependência do álcool. “A partir destas reuniões estamos diagnosticando os principais problemas destas comunidades. O alcoolismo é assunto sério. O numero de indígenas que precisam de tratamento é alarmante”, ressaltou. (CLIQUE AQUI e leia a íntegra do artigo)

Fechar