por 07:06 Sem categoria

Independente

Apesar de votar com a bancada de governo, Stephanes Júnior tem uma atuação independente. No projeto de transformação de cargos disse que "um cheque em branco" para Requião. Também comemorou com Ney Leprevost (PP) a aprovação do requerimento que tornou Hugo Chávez persona non grata. E em algumas das votações de requerimentos e vetos – no espaço de batalhas entre governo e oposição, Stephanes Júnior prefere, digamos, conversar com os jornalistas enquanto o circo pega fogo no plenário.

Fechar