0 Shares 1890 Views

Ibope: Beto Richa 47%; Roberto Requião 28%; Gleisi Hoffmann 9%

29 de setembro de 2014
1890 Views

Ibope: Beto Richa 47%; Roberto Requião 28%; Gleisi Hoffmann 9%

A segunda edição do Jornal Estadual da RPC/TV acaba de divulgar os novos números da corrida eleitoral no Paraná, da pesquisa Ibope. Segundo o levantamento, o governador e candidato à reeleição Beto Richa (PSDB) tem 47%. Em segundo lugar vem o senador e candidato do PMDB, Roberto Requião com 28% e em terceiro a petista Gleisi Hoffmann com 9%.

Ogier Buchi tem 1%. Os demais candidatos não atingiram 1%. A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de setembro. Foram entrevistados 1.204 eleitores em 65 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa, encomendada pela RPC TV, está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) sob o número 00042/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR- 00886/2014.

Veja a pesquisa completa, com o número de rejeição de cada candidato e as projeções para o segundo turno

Primeiro turno

Beto Richa (PSDB): 47%
Requião (PMDB): 28%
Gleisi Hoffmann (PT): 9%
Ogier Buchi (PRP): 1%
Bernardo Pilotto (PSOL): 0%*
Geonisio Marinho (PRTB): 0%*
Rodrigo Tomazini (PSTU): 0%*
Tulio Bandeira (PTC): 0%*
Brancos e nulos: 7%
Não sabe/não respondeu: 7%

*Os demais candidatos, juntos, somam 1%.

Segundo turno

Beto Richa: 52%
Requião: 33%
Branco/nulo: 8%
Não sabe/não respondeu: 6%

Beto Richa: 58%
Gleisi Hoffmann: 25%
Branco/nulo: 11%
Não sabe/não respondeu: 7%

Requião: 47%
Gleisi Hoffmann: 27%
Branco/nulo: 17%

Rejeição

Roberto Requião – 23%
Gleisi Hoffmann – 22%
Beto Richa – 16%
Tulio Bandeira – 8%
Ogier Buchi – 7%
Rodrigo Tomazini – 7%
Geonisio Marinho – 6%
Bernardo Pilotto – 6%
Poderiam votar em todos candidatos 9% dos pesquisados, e 26% não responderam.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.