por 20:34 Destaques, Foz do Iguaçu, Saúde

Hospital Municipal de Foz do Iguaçu recebe 15 respiradores e 20 monitores para atendimento à Covid-19

O Hospital Municipal Padre Germano Lauck receubeu do Ministério da Saúde, no sábado (27), 15 novos respiradores/ Foto: PMFI

O Hospital Municipal Padre Germano Lauck, de Foz do Iguaçu,  recebeu nesta semana uma remessa de monitores multiparâmetros e respiradores pulmonares, que serão utilizados no atendimento a pacientes com Covid-19. Isso vai permitir pelo menos um certo alívio em um momento tão delicado em que todos são chamados a colaborar para reduzir os  casos de Covid-19 e que possamos voltar à normalidade o mais rápido possível”, disse o prefeito Chico Brasileiro.  E complementa: “só assim sairemos o mais rápido possível dessa crise que impacta toda a região”.

Os 20 monitores entregues na última quinta-feira (25) foram enviados pelo  Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Estado de Saúde. Eles foram destinados à abertura de 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid no Hospital Municipal. Neste sábado (27) também foram recebidos 15 novos respiradores, do Ministério da Saúde.

De acordo com o prefeito, “essa ampliação de leitos de UTI é necessária devido ao aumento da taxa de ocupação hospitalar registrada desde o dia 8 de fevereiro, quando o Hospital Municipal atingiu a lotação máxima nos leitos exclusivos para pacientes com a Covid-19”.

Desde então, a unidade hospitalar continuou recebendo uma crescente demanda. Atualmente, a ocupação do hospital municipal é de 100%, e utiliza recursos extras para garantir o atendimento aos pacientes em estado grave.

“Graças à infraestrutura que construímos – já foram feitas quatro ampliações -, pudemos absorver pacientes nas outras unidades, que possuem leitos de perfis de UTIs, equipados com camas elétricas, monitores multiparâmetros, ventiladores pulmonares, pontos para hemodiálise e equipe multiprofissional 24 horas”, afirmou o prefeito.

Mesmo com todo o suporte do hospital, que desde o início da pandemia já passou por quatro ampliações, o crescente número de casos tem preocupado os gestores municipais. Somente em uma semana, entre segunda-feira (22) e domingo (28), foram confirmados 1.618 novos casos e 25 mortes pela doença – um recorde no histórico da cidade. 

“O sistema de saúde de todo o Estado tem dificuldade de oferecer soluções imediatas, pois os leitos, equipe de profissionais, insumos e medicamentos são finitos. São recursos que se esgotam”, disse o prefeito.

Até o momento, o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, que oferece 100% de seus atendimentos pelo SUS, conta com 132 leitos destinados a pacientes com o coronavírus.

Novos Leitos

Por causa da gravidade do aumento da demanda, uma nova unidade está para ser concluída no complexo hospitalar do Hospital Municipal.

A nova estrutura contará com 12 leitos, dois destes destinados para isolamentos. Eles serão equipados com camas elétricas, monitores multiparâmetros, ventiladores pulmonares, pontos para hemodiálise, sistema de renovação e exaustão de ar em todos os ambientes (Filtro HEPA), ar condicionado em todos os ambientes e ambiente para descanso.

Novos respiradores
No último sábado sábado (27), o hospital recebeu 15 novos respiradores pulmonares enviados pelo Ministério da Saúde. “Destas 15 novas unidades, sete são destinadas às UTIs e oito equipamentos para transporte”, disse o diretor-presidente da instituição, Sergio Fabriz.

Os ventiladores pulmonares têm uma função primordial na manutenção da vida, diminuindo o trabalho muscular respiratório, otimizando assim as trocas gasosas em pacientes com sinais clínicos de desconforto ou insuficiência respiratória. 
Os aparelhos de transporte são utilizados para aqueles pacientes que necessitam do suporte respiratório no momento em que são deslocados de uma unidade hospitalar para outra, ou mesmo dentro da própria unidade.
Fabriz disse que está sendo feita força-tarefa para que não faltem leitos, com suporte dos governos municipal, estadual e federal. 

“Estamos trabalhando de maneira incansável no momento mais difícil da pandemia e pedimos para que todos nos ajudem a continuar cuidando desses pacientes e evitar que as unidades hospitalares da cidade venham ter um colapso por causa de novos casos”, afirmou o diretor do hospital, que apela para que à população mantenha os cuidados para evitar a disseminação do coronavírus.

Na última sexta-feira (26), a Prefeitura, em apoio ao Governo Estadual, decretou protocolos de endurecimento para ajudar a curva da pandemia. Somente neste domingo, foram confirmados em Foz 202 casos e 2 mortes pela Covid-19.

PMFI

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com