Escrito por 09:00 Assunto

Hospitais e clínicas do Paraná demitem 20% dos funcionários e ameaçam quebrar com a pandemia

Compartilhe

Os hospitais e clínicas privados e filantrópicos do Paraná já começaram a demitir funcionários por causa da crise do coronavírus — que reduziu em até 50% a ocupação de leitos e também prejudicou os atendimentos clínicos, que caíram 60% desde abril. Segundo o presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado do Paraná (Fehospar), Rangel Silva, a queda de faturamento chegou a 60% e, se os governos não ajudarem, vários hospitais do Estado irão à falência. Leia mais em Bem Paraná.

Close