0 Shares 151 Views

Hauly contesta Paulo Bernardo e cobra liberação de empréstimos ao Paraná

26 de março de 2013
151 Views

por Ivan Santos, no blog Política em Debate

O secretário de Estado da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, veio hoje à Assembleia Legislativa para contestar os números apresentados ontem pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que negou discriminação do Paraná na distribuição de verbas federais, afirmando que o Estado teria hoje convênios em execução com a União no valor total de R$ 3,8 bilhões, contra R$ 3,5 bilhões do Rio Grande do Sul, e R$ 1,9 bilhões de Santa Catarina.

Segundo Hauly, esses números não conferem com a realidade, já que o Orçamento Federal de 2013 prevê apenas R$ 806 milhões em investimentos federais no Estado. “Não sei de onde ele tirou esses números. O ministro está pensando em sua esposa candidata, Gleisi Hoffmann. Nós precisamos da ajuda deles, não de intriga”, disse o secretário, referindo-se à pré-candidatura da chefe da Casa Civil ao governo do Estado para 2014.

Hauly cobrou, ainda, de Bernardo e Gleisi, a liberação de empréstimos de R$ 2,4 bilhões ao Paraná que aguardam autorização do governo federal. “Os empréstimos estão lá parados. Estão achando pêlo em ovo. A obrigação deles é liberar esse dinheiro. Se não liberarem, ele (Paulo Bernardo) estão fazendo politicagem. Libera Paulo, ministra Gleisi”, apelou o secretário.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.