0 Shares 216 Views

Grevistas da APP-Sindicato e militantes do PT hostilizam imprensa em Apucarana

27 de maio de 2015
216 Views

O que era para ser mais uma reportagem de apoio aos professores grevistas de Apucarana nesta noite de segunda-feira (25) no Núcleo Regional de Educação em Apucarana acabou num ato de intimidação, hostilização e cerceamento do direito de cobertura jornalística do portal AN Notícias ao ato de acampamento de alguns professores, onde no meio havia simpatizantes e filiados do PT da cidade organizando os manifestos grevistas na cidade. As informações são da AN Notícias

O fato lamentável tem a ver com pessoas ligadas a ala mais radical do PT que é a DS que significa Democracia Socialista. Que em seu regimento prega “SER DA DS SIGNIFICA LUTAR POR UMA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA”, mas infelizmente não foi isso que a nossa reportagem sentiu nesta noite de segunda-feira (25).

Os mesmos tentaram intimidar a reportagem do AN Notícias que queria entrevistar professores que estão na greve, só que não ligados ao PT.

Dois organizadores do acampamento na frente do NRE de Apucarana que são ligados ao PT, inclusive um deles foi candidato na eleição passada a vereador e fazendo uma pífia votação, ao saberem que o jornalista Victor Hugo Magalhães era quem estava se preparando para realizar entrevistas com professores não ligados a partidos políticos, ficaram nervosos e hostilizaram a reportagem de um dos maiores portais do Norte do Paraná, mostrando total despreparo com o tratamento democrático, respeitoso com a imprensa e principalmente ético, pois a greve que já está passando dos seus limites, tende a ficar sem credibilidade exatamente por pessoas travestidas de professores, que na verdade são ligados ao PT e outros partidos e tentam de todas as formas, desvirtuar direitos trabalhistas em algazarras políticas, o que repudiamos veementemente.

O fato lamentável também tem a ver com a perseguição política dos radicais petistas de Apucarana, contra a imprensa da cidade e por questões de ideologia, pois Victor Hugo Magalhães que é editor-chefe do AN Notícias é filho de vereador na cidade, tanto é que o mesmo grupo que hostilizou a reportagem nesta noite de segunda-feira (25), é quase a mesma que foi fazer barraco na frente da 98 FM há quase duas semanas atrás.

O fato é que pessoas ligadas a partidos contra o governo e que são despreparadas tanto para estarem em cargos públicos ou em sala de aula, pensam que a liberdade de imprensa pode ser ameaçada na forma da truculência, ignorância e falta de caráter.

A greve dos professores perde força, credibilidade e razão para continuar, pois o prejuízo aos alunos, suas famílias, fornecedores do estado, vanzeiros, já passam dos limites e bom senso, pois esta palavra não faz parte do dialeto dos radicais partidários que estão por de traz desta greve.

Para nós do AN Notícias quem tenta cercear o direito de liberdade de expressão, e democracia da Imprensa no seu direito de noticiar os fatos, não goza de prestígio algum, não tem caráter e principalmente moral para exigir através de pressão, respeito e apoio da classe jornalística principalmente da população em torno desta greve da educação no Paraná.

Somos contrários a esta atitude estúpida de simpatizantes e filiados partidários travestidos de professores, em tirar nosso direito como Imprensa de trabalhar na cobertura desta manipulada greve dos professores, seja ela em todo o Estado do Paraná, ou somente em nossa cidade.

Aos professores de bem o nosso respeito, mas a estes radicais ligados a partido político, o nosso repúdio sempre.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.