por 11:00 Empregos, Ratinho Junior

Governo lança programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade para Todos

 

Para o empresariado brasileiro, os grandes empecilhos para empreender são a dificuldade e o custo para lidar com a complexidade da burocracia estatal. Ao menos é o que mostra um resultado parcial da ferramenta do programa Mobilização pelo Emprego e Produtividade para Todos, uma iniciativa do governo federal que conta com apoio dos governos estaduais. Informações de Carlos Coelho, da Gazeta do Povo.

Nesta quinta-feira (13), o programa foi lançado no Paraná com a presença do secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, do governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) e de representantes setoriais. Empresários de diversos segmentos compareceram ao evento em Curitiba.

O objetivo é mapear os gargalos que dificultam a sobrevivência e crescimento das empresas, sobretudo as micro e pequenas (MPEs), para criar soluções de políticas públicas. De acordo com números do Sebrae, os pequenos negócios no Paraná geram 59% dos empregos, respondem por 33% do PIB estadual e representam 35% das companhias exportadoras no estado. São mais de 1 milhão de MPEs em solo paranaense.

A principal interface do programa é um site, o Mobiliza Brasil, que já está no ar e no qual empreendedores podem colocar suas dificuldades e dar suas sugestões. Pelo endereço online, empresários podem indicar o peso de gargalos maiores, como burocracia, modernização, infraestrutura e qualificação de mão de obra, por exemplo.

A página também permite detalhar estas dificuldades. Se o empresário classifica a burocracia como principal dificuldade, pode indicar um subtema pertinente, como legislação trabalhista muito complexa para obedecer. O acesso aos resultados é livre e eles são atualizados a cada cinco minutos. Governos estaduais podem acompanhar a ferramenta para pensar em políticas de aceleração das empresas.

Até a tarde desta quinta-feira, quase 6 mil usuários da ferramenta indicaram a burocracia como principal entrave no Brasil. Destes, cerca de 2,6 mil votaram no alto custo e complexidade dos impostos como problema mais grave. É a reclamação que lidera o ranking.

“Se nós abrirmos espaço para esse espírito empreendedor brasileiro, tenho certeza que entraremos em uma era de prosperidade, com mais emprego e com mais renda. Para isso, precisamos desburocratizar, fazer com que os mercados funcionem e melhorar nossa infraestrutura ”, destacou o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa, no evento de Curitiba.

O governador Ratinho Junior mostrou apoio ao movimento nacional, sugerindo que o Paraná já tem adotado uma agenda no mesmo sentido. “Estamos trabalhando com a desburocratização, com otimização da Junta comercial. Conseguimos deixar zerada a fila para abrir empresa. Em alguns casos, é possível abrir em questão de horas”, afirmou.

O Paraná foi o terceiro estado a receber o lançamento do movimento, que deve passar por todas as unidades da federação.

link da matéria
https://www.gazetadopovo.com.br/parana/mobiliza-brasil-lancamento-parana/

Fechar