Arquivos

Categorias

Governo federal reconhece as ações de segurança pública no Paraná

Ministro da Justiça destaca parceria e ações integradas com o Governo do Paraná no combate ao criminalidade

governador beto richa com ministro da justica do brasil jose eduardo cardozo.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, reconheceu em Curitiba, as ações de segurança levadas pelo governador Beto Richa (PSDB) no Paraná. Nesta quarta-feira (13), Cardozo formalizou o repasse do Centro Integrado de Comando e Controle, usado na Copa do Mundo, ao Governo do Estado. “A parceria entre o governo federal e governos estaduais é fundamental na segurança pública e se dá por meio deste centro integrado que pode servir às polícias e desencadear operações. Estamos articulando, com as forças estaduais, uma operação de fronteira, integrada com as forças armadas e com o batalhão de fronteira criado no Paraná”, destacou Cardozo.

Beto Richa disse que o Paraná é à favor das parcerias com o governo federal necessárias e fundamentais na área de segurança. “São ações integradas que racionalizam custos e são mais efetivas no combate ao crime, como o tráfico de drogas. Somos parceiros e o governo federal reconhece a necessidade de uma ação mais forte nas cidades de fronteira”, disse o governador.

O centro de controle, montado para as ações de segurança durante os jogos do mundial de futebol, já está sendo usado como plataforma tecnológica do sistema estadual de segurança, inclusive nas regiões de fronteira e divisas com outros estados. O espaço é dedicado às ações de videomonitoramento e radiocomunicação que se fizerem necessárias.

A intenção da Secretaria da Segurança Pública também é que o espaço abrigue o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública para atendimento ao cidadão por meio dos números de emergência (181, 190, 191, 193 e 197) e despacho operacional de viaturas. “Somos parceiros do governo do Estado e este centro serpa coordenado, a partir da agora pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná”, disse Cardozo.

Segurança cidadã – O trabalho de Beto Richa na área de segurança pública também é reconhecido por organismos internacionais. O BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) afirmou que o Programa Paraná Seguro, com crédito de R$ 152 milhões a ser contratado, vai atender 150 mil jovens e será “a primeira operação de investimento em segurança cidadã no Brasil com financiamento internacional”. Na última semana, o Senado aprovou o pedido de empréstimo ao Paraná e sua liberação depende agora somente da chancela da Secretaria do Tesouro Nacional.

“Com apoio de um crédito do BID de US$ 67,2 milhões, o Paraná realizará um ambicioso programa de reforma policial em conjunto com a implementação de ações de prevenção social precoce da violência para jovens em situação de risco. As reformas policiais pretendem contribuir para maior eficácia e capacidade na prevenção e dissuasão de delitos e as iniciativas com os jovens procuram promover atividades socioeducativas para a reabilitação e reinserção social de adolescentes em conflito com a lei”, diz matéria postada no site do banco.

O Programa Paraná Seguro é a primeira operação de investimento no setor de segurança cidadã em que um governo brasileiro solicitou financiamento internacional, indicando um reconhecimento do valor agregado do banco e a prioridade atribuída ao setor de segurança cidadã nos três níveis de governo do Brasil.

“O projeto visa a fortalecer a integração e a articulação entre a Polícia Militar e a Polícia Civil, com sistemas de planejamento e informação integrados e um enfoque nos territórios com maior incidência de crimes. O Estado, por seu lado, procurará gerar oportunidades para que os jovens façam um uso mais produtivo de seu tempo. O programa financiará atividades esportivas, formação cívica e métodos para resolver conflitos de maneira pacífica. Os jovens terão opções para terminar seus estudos e, assim, melhorar sua integração ao mercado de trabalho”, adianta o BID.

Política, economia, cultura e bom humor no blog do Paraná.