Escrito por 07:45 Brasil, Curitiba, Política, Segurança e Policial

Gilberto Ribeiro nega ter ficado com salários de funcionários na Assembleia

Compartilhe

gilberto ribeiroAlvo de uma operação de busca e apreensão do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, o deputado estadual Gilberto Ribeiro (PSB) não quis falar com a imprensa na sessão de hoje da Assembleia Legislativa. Em um curto pronunciamento na tribuna do plenário da Casa, ele negou as acusações de que tenha se apropriado de parte dos salários de funcionários de seu gabinete. Alegou que suas únicas fontes de renda são o salário de deputado e da TV Independência, onde apresenta um programa policial. As informações são de Ivan Santos, no Bem Paraná.

“Peço que me deem um voto de confiança. Nas redes sociais as pessoas lêem a manchete e já vem a condenação”, alegou, sem entrar no mérito das acusações. Ribeiro alegou que o Gaeco apreendeu R$ 1,7 mil em dinheiro, em sua residência, que ele havia sacado um dia antes. Afirmou que o dinheiro se tratava de pagamento de comissão pelo trabalho na TV. Ele admitiu ainda se afastar do programa enquanto a investigação estiver em curso. “Tudo o que passa na minha conta é fruto do meu trabalho como deputado e na TV”, garantiu.

Close