Escrito por 12:00 Assunto

Gaeco cumpre mandados contra policiais investigados por extorsão em Paranaguá

Compartilhe

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Paraná, com apoio da Corregedoria da Polícia Militar, cumpre na manhã desta quinta-feira, 12 de março, oito mandados de busca e apreensão em Paranaguá, no Litoral do estado. Expedidos pela Vara da Auditoria Militar de Curitiba, os mandados são cumpridos em residências ligadas a policiais militares investigados pelo crime de extorsão (exigência indevida de dinheiro mediante ameaça). As informações são do Bem Paraná.

As investigações do MPPR demonstraram que agentes públicos coagiam pessoas, afirmando possuírem informações de irregularidades que na realidade não existiam. Por meio de aplicativos de mensagens e redes sociais, os policiais enviavam ameaças às vítimas, com imagens do Sistema de Investigação da Polícia, que é de acesso restrito, e exigiam dinheiro sob a ameaça de abertura de investigação por tráfico de drogas no Porto de Paranaguá.

Os fatos ocorreram em diferentes períodos, principalmente entre os meses de maio e novembro de 2019. Também está sob investigação o fato de a casa de uma das vítimas ter sido alvo de disparos.

Close