por 13:28 Sem categoria

Fumar canabis aumenta os riscos de câncer dos testículos

Fumar canabis aumenta os riscos de câncer dos testículos

Consumir canabis pelo menos uma vez por semana ou regularmente desde a adolescência dobra os riscos de desenvolver a forma mais agressiva de um câncer dos testículos, avalia um estudo feito nos Estados Unidos publicado pelo jornal inglês Guardian.

Os cientistas do centro de pesquisa sobre o câncer Fred Hutchinson, de Seattle, nos Estados Unidos, começaram este estudo depois de descobrir que os testículos são um dos raros órgãos que possuem receptores para a substância ativa da canabis, o tetraidrocanabinol.

Seus resultados levam também a pensar que o uso da marijuana pode estar especificamente ligado ao desenvolvimento de tumores dos testículos chamados germinais não-seminomatosos. Esta forma muito agressiva atinge os homens entre 20 e 35 anos e é responsável por cerca de 40% de todos os casos de câncer dos testículos, que continua muito raro mesmo que os casos tenham aumentado nas últimas décadas.

Desde os anos 1950, o número de casos de câncer dos testículos aumentou de 3 para 6% ao ano nos Estados Unidos, no Canadá, na Europa, na Austrália e na Nova Zelândia. No Brasil não há estudos específicos sobre o assunto. No mesmo período, o uso da canabis aumentou nas mesmas proporções. Foram esses números que no início levaram os pesquisadores a avançar a hipótese de uma ligação entre esta droga e o câncer dos testículos.

Em seu estudo, os pesquisadores entrevistaram 369 homens atingidos por um câncer dos testículos, de 18 a 44 anos, sobre seu consumo de canabis. Também foram ouvidos 979 homens saudáveis sobre a mesma questão.

Fechar