Written by 12:35 Gustavo Fruet

Fruet quer parcelar dívida milionária com previdência dos servidores municipais

Fruet quer parcelar dívida milionária com previdência dos servidores municipais

Como já adiantado por este blog, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) pretende parcelar em até 60 vezes a dívida que pode passar dos R$ 42 milhões com previdência dos servidores de Curitiba. No projeto, em regime de urgência na Câmara de Vereadores, Fruet alega que os aportes extras ao IPMC, previsto em lei, criaram “um desequilíbrio entre a real necessidade de aportes e a proporcionalidade do valor aportado em relação à receita corrente líquida”.

“Diante disso, aliado à conjuntura econômica no Brasil, o município encontrou dificuldades em realizar os aportes extras referentes aos meses de agosto de 2015 a abril de 2016”, justifica o pedetista na proposta enviada aos vereadores.

Ao repórter Euclides Lucas Garcia, ma Gazeta do Povo desta segunda-feira, 30, a coordenadora-geral do Sismuc, Irene Rodrigues dos Santos afirma que o funcionalismo vem alertando desde o ano passado para o débito previdenciário da prefeitura em relação aos aportes extras. Segundo ela, é inadmissível que um gestor público deixe dívidas para o sucessor e que o dinheiro do contribuinte arque com isso, na medida em que haverá juros e correção. “Não é justo que os servidores paguem essa conta, afinal a contribuição previdenciária é descontada mensalmente dos nossos salários”, defende.

(Visited 10 times, 1 visits today)

Close