Written by 15:07 Curitiba, Gustavo Fruet

Fruet não paga terceirizadas e podadores de árvore fecham rua em frente à Prefeitura de Curitiba

Fruet não paga e podadores de árvore fecham rua em frente à Prefeitura

Cerca de 150 trabalhadores terceirizados em poda de árvores fecham a rotatória da Avenida Cândido de Abreu, bem em frente à Prefeitura de Curitiba, desde o começo da tarde desta quinta-feira (25) para protestar contra o atraso no pagamento dos salários. De acordo com o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação (Siemaco), três empresas vêm atrasando constantemente o pagamento e os trabalhadores temem ainda uma possível demissão em massa. As informações são da Banda B.

Segundo o presidente do Siemaco, Manassés Oliveira, os funcionários deveriam ter recebido o vale no dia 20, mas continuam sem previsão porque as empresas contratadas alegam que a prefeitura não está pagando os contratos. “Ontem os trabalhadores já cruzaram os braços, a empresa não deu nenhum posicionamento e hoje a categoria decidiu vir para frente da prefeitura para exigir explicações, já que precisam receber”, disse.

Os manifestantes são vinculados a três das nove empresas que prestam serviços para a prefeitura.

Outro ponto do protesto seria um projeto que reduziria os postos de trabalho da coleta vegetal. “É lamentável o que a prefeitura vem fazendo com a nossa categoria, com um corte de mais de duzentos pais e mães de família. Recentemente eles inauguraram creches, escolas e postos de saúde onde aumentam a carga de trabalho dos que ficam, é desumano”, concluiu Oliveira.

A Banda B entrou em contato com a Prefeitura de Curitiba e aguarda retorno.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Close