0 Shares 156 Views

Foz vai retomar o programa Guarda Subsidiada para crianças e adolescentes

30 de julho de 2013
156 Views

guarda

Após anos paralisado o “Programa Guarda Subsidiada” será retomado em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. A iniciativa ganhou aval do município e da Procuradoria Pública. A retomada dos trabalhos atende a uma demanda de melhorias na execução de serviços, e também estudos permanentes, no atendimento com crianças e adolescentes órfãos e abandonados, no município.

A Associação Fraternidade Aliança (AFA), que venceu o edital público, já iniciou seus projetos. Na manhã, desta terça-feira, 30, a secretária de Assistência Social, Claudia Pereira, visitou a sede da associação para conhecer as ações programadas.

No total são mais de 200 crianças e adolescentes assistidos, das quais 120 em contra turno escolar e 140 em projeto direcionado, através do balé do Provopar. “Estamos muito felizes com a volta do Programa, pois além de estarmos bem amparados, temos a aprovação dos conselhos e respaldo legal”, explicou a secretária.

O projeto prevê o encaminhamento das crianças e adolescentes aos parentes próximos, caso não haja, o programa recorrerá às chamadas “famílias acolhedoras”, os quais receberão um auxílio financeiro no valor de um salário mínimo, pagos pelo município por criança adotada, além do amparo profissional de psicólogos, assistentes sociais e pedagogos.

A entidade
Fundada no ano de 1991, a AFA é uma entidade civil sem fins lucrativos, com projetos sociais voltados para a comunidade. Seu idealizar é o padre Arturo Paoli.

Religioso italiano, que presta serviços sociais há 20 anos na comunidade do bairro Boa Esperança, na região do Porto Meira. E tem seu trabalho focado na promoção da solidariedade.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.