Escrito por 12:57 Foz do Iguaçu

Foz perto do 2º turno eleitoral

Compartilhe

reni pereira chico brasileiro dobrandino da silva eleições 2016 foz do iguaçu

A cidade de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, poderá ter em 2016, pela primeira vez em sua história, uma disputa de 2º turno nas eleições municipais para prefeito. É que a cidade está próxima de alcançar o mínimo de 200 mil eleitores, número que estabelece disputas em duas etapas, caso nenhum dos candidatos obtenha 50% mais 1 dos votos válidos.

Nas eleições de 2014, segundo o TSE, havia na cidade 190.014 eleitores registrados. O número é superior ao das eleições de 2010, quando 145.583 estavam aptos a votar e também de 2012, na última eleição municipal, quando o número de eleitores na cidade era de 186.041. Caso alcance os 200 mil eleitores, Foz se juntará ao grupo de cidades paranaenses que contam com a possibilidade da disputa, como é o caso de Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel, que teve 2º turno pela primeira vez em 2012.

Embora ainda distante, a disputa de 2016 já começa a movimentar os bastidores da política iguaçuense. O prefeito Reni Pereira (PSB) deverá enfrentar novamente o grupo do ex-prefeito Paulo Mac Donald (PDT), que está impedido pela lei da ficha suja. Ele poderá apoiar um candidato do PT. Quem ganhou força no pleito deste ano é o ex-vice-prefeito e candidato derrotado por Reni em 2012, o deputado estadual eleito Chico Brasileiro (PSD), ou alguém apoiado por ele. O também ex-prefeito Dobrandino da Silva, do PMDB, já demonstra interesse em se candidatar, conforme adiantou em junho, em entrevista ao blog.

Close