por 13:45 Sem categoria

Foz escolhe representantes ao comitê da Copa de 2014

Foz escolhe representantes ao comitê da Copa de 2014

O deputado Chico Noroeste (PR) adiantou nesta segunda-feira (9) que o Conselho Municipal do Turismo (Comtur) vai indicar na próxima quarta-feira (11), os nomes que vão representar Foz do Iguaçu no Comitê Executivo Paraná da Copa do Mundo de 2014. O comitê já atua na defesa da candidatura de Curitiba como uma das sedes oficiais da competição.

Ao todo, serão eleitos quatro nomes, dois titulares e outros dois suplentes. Os indicados também ficarão responsáveis pela organização de um comitê local. “Foz só tem a ganhar com a indicação dos representantes da cidade no comitê e com a instalação de um comitê local”, disse Chico Noroeste. A cidade espera receber investimentos de R$ 400 milhões em obras de infraestrutura.

REUNIÃO – A indicação será feita após reunião extraordinária nesta terça-feira (10), entre os representantes do Comtur, em Foz do Iguaçu. Os nomes, no entanto, serão oficializados na quarta-feira ao presidente do Conselho, o vice-governador Orlando Pessuti.

A escolha dos nomes foi precedida de reunião neste último sábado, dia 4, na Acifi (Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu). O deputado Chico Noroeste e o secretário-executivo do conselho executivo da Copa, Wilson Portes, coordenaram as discussões sobre o tema. 

O encontro teve a presença de várias lideranças de Foz e região, como o secretário de Turismo de Foz do Iguaçu, Felipe Gonzáles; o presidente do Comtur, Paulo Angeli; a gerente de Relações Públicas da Itaipu Binacional, Marta Costard; o diretor-financeiro do Foz Futebol Clube, Arif Osman, entre outras autoridades.

DECISÃO – Para o deputado Chico Noroeste, prorrogar a escolha dos nomes para quarta-feira foi uma boa decisão. “É uma medida madura e consciente das lideranças do turismo da cidade, já que a escolha dos nomes deve ser feita de forma coletiva e democrática entre todas as autoridades e sociedade”, disse.

O secretário de Turismo, Felipe González, acredita que a indicação correta das entidades para integrar o comitê local seja fundamental para a cidade participar efetivamente dos futuros debates no estado sobre a Copa. “Precisamos de entidades e nomes de peso que coloquem Foz no centro das discussões, conforme sua importância no cenário do turismo mundial”, disse.

RECURSOS – A confirmação de Curitiba como uma das sedes oficiais da copa será positiva para Foz do Iguaçu. A cidade do Oeste deverá abrigar uma das sub-sedes no Paraná, recebendo investimentos do Estado e do governo federal em infraestrutura na ordem de R$ 400 milhões.

Os recursos serão aplicados provavelmente na duplicação da BR-469 (Rodovia das Cataratas), que leva ao Parque Nacional do Iguaçu, e na reforma e ampliação do Aeroporto Internacional, que deverá receber número maior de turistas e visitantes do mundo todo durante os jogos.

“Queremos que Foz seja uma das sub-sedes a fim de buscarmos ainda mais recursos efetivos que melhorem a infraestrutura do turismo, da área de saúde, da segurança, entre outros setores da cidade”, destacou Chico Noroeste.

DESTAQUE – Para o secretário-executivo do Comitê Executivo, Wilson Portes, a escolha de Foz trará ainda ampla exposição da cidade na mídia nacional e internacional, destacando o destino em todo o mundo.

“Temos certeza de que a cidade será notícia no mundo todo, com jornalistas e a imprensa visitando as Cataratas do Iguaçu, a Itaipu Binacional, antes, durante e depois do evento, mostrando essas belezas naturais e o potencial turístico dessa terra”, disse Portes.

Fechar