FGV: confiança da construção cai em outubro após cinco meses de alta 0 1

O Índice de Confiança da Construção (ICST), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 0,3 ponto de setembro para outubro deste ano. Com o resultado, o indicador passou para 96,1 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, e interrompeu cinco meses consecutivos de alta.

A queda do indicador foi puxada pela piora no Índice da Situação Atual, que mede a confiança do empresário brasileiro da construção no presente. O subíndice caiu 0,7 ponto e chegou a 92 pontos, principalmente devido à avaliação sobre a situação atual dos negócios.

O Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, variou 0,1 ponto e atingiu 100,3 pontos, mostrando acomodação, segundo a FGV.

O Nível de Utilização da Capacidade da Construção aumentou 0,6 ponto percentual, para 75,6%.

Segundo a FGV, desde o segundo semestre do ano passado, o custo dos materiais ganhou destaque entre os fatores limitativos para a melhora dos negócios das empresas. A escassez de mão de obra qualificada, no entanto, também começa a ganhar destaque como um limitador.

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro vai assinar com TCE cooperação no uso de satélite na fiscalização de obras públicas 0 4


Informação foi confirmada pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, o astronauta Marcos Pontes

O presidente Jair Bolsonaro poderá vir ao Paraná nos próximos dias, para assinatura de um acordo de cooperação com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) para uso de satélites na fiscalização de obras públicas.

A informação foi confirmada ao presidente do órgão, conselheiro Fábio Camargo, pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, ao justificar o adiamento do ato previsto nesta quarta-feira (24).

A agenda com Bolsonaro, que poderá ser em Curitiba ou em Brasília (DF), será organizada pelo deputado federal Filipe Barros. O parlamentar confirmou o encontro em uma ligação por videoconferência ao lado de Marcos Pontes, revelou o Blog do Zé Beto.

Na conversa, o presidente do TCE-PR aproveitou para agradecer ao ministro e à direção do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) pelo apoio. O uso de satélites pode economizar milhões em recursos públicos, antecipar as fiscalizações e acabar com os pagamentos antecipados de obras não concluídas ou que não estão seguindo os cronogramas de contrato.

Most Popular Topics

Editor Picks

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com