0 Shares 312 Views

Família Paranaense é referência para programa social do governo federal

22 de setembro de 2017
312 Views

Mais uma vez o Paraná é referência para programas estaduais e federais. Desta vez é o Família Paranaense que tem similar que será lançado pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, na próxima semana. O novo programa social é batizado de Progredir e vai oferecer cursos de qualificação profissional, ajudará na seleção de oportunidades de trabalho e disponibilizará R$ 3 bilhões em microcrédito para famílias de baixa renda, inscritas no cadastro único dos programas sociais do governo federal. Com informações de Guilherme do G1/Brasília.

Os objetivos do Progredir fazem parte do escopo e das ações levadas pelo Família Paranaense. Lançado em 2012 pelo governador Beto Richa, o programa estadual já investiu R$181,1 milhões e atendeu 286 mil famílias em todas as cidades do estado. “O programa nasceu em Curitiba, reduziu a pobreza e 65% na capital, e se consolidou como um dos mais consistentes programas de ação social em execução no País, de acordo com dados de órgãos federais ligados ao setor”, destacou Fernanda Richa, criadora do Família Paranaense.

Já o programa federal tem como meta elevar a renda de 1 milhão de famílias para que elas possam deixar o Bolsa Família em dois anos. “É um programa vinculado ao público do Bolsa Família, a população mais pobre do Brasil, que visa criar oportunidade de emprego e renda para essa população. Não é um programa para tirar as pessoas do Bolsa Família”, disse o ministro Osmar Terra.

Segundo ele, o programa será voltado para jovens e adultos da cidade e do campo. O universo de pessoas que poderão ser atendidas pode ir além das 13,4 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família atualmente, já que há mais de 28,2 milhões de famílias inscritas no Cadastro Único.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.