0 Shares 152 Views

Ex-agente norte-americano pede asilo a 21 países, incluindo o Brasil, diz WikiLeaks

2 de julho de 2013
152 Views

O ex-agente norte-americano Edward Snowden, da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos, pediu asilo político a 21 países – incluindo Rússia, Islândia, Equador, Cuba, Venezuela, Índia, China, Alemanha, França e Brasil.

As informações são atribuídas ao site WikiLeaks. Algumas solicitações foram feitas em nome de Sarah Harrison, funcionária britânica do WikiLeaks, que acompanhou Snowden em 23 de junho em viagem de Hong Kong para Moscou.

Parte dos pedidos foi feita em nome do ex-agente. Os pedidos de asilo feitos em nome de Snowden foram dirigido aos seguines países: Áustria, Bolívia, Finlândia, Itália, Irlanda, Países Baixos, Nicarágua, Noruega, Polônia, Espanha e Suíça. “Os documentos destacam os riscos de perseguição que Snowden enfrenta nos Estados Unidos”, diz o site.

Snowden está sendo acusado pelos Estados Unidos de espionagem por divulgar que órgãos oficiais do governo norte-americano monitoravam caixas postais, na internet, e também chamadas telefônicas. Segundo o ex-agente, o monitoramento envolvia também pessoas fora dos Estados Unidos, inclusive na Europa.

O ex-agente acusa o governo dos Estados Unidos de pedir ao vice-presidente norte-americano, Joe Biden, para pressionar os líderes mundiais com o objetivo de impedir a concessão de visto para ele e, assim, obter a extradição.

No documento, divulgado pelo site WikiLeaks, há uma mensagem de Snowden ao presidente do Equador, Rafael Correa, agradecendo o seu apoio e recusa de extradição. Correa confirmou que Biden pediu que sejam rejeitados pedidos de asilo político de Snowden. (Agência Brasil)

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.