por 08:30 Sem categoria

Estratégia maligna

O governador e candidato à reeleição, Roberto Requião disse ontem que “o Porto de Paranaguá está passando pelo mesmo processo de desconstrução que a Sanepar sofreu, que a Copel sofreu e que o Banestado sofreu. O porto teve receita cambial superior a 9 bilhões de dólares em 2005. No governo que me antecedeu, havia um protocolo que pretendia privatizá-lo em seis meses. Eu ignorei o protocolo e impedi a privatização, porque ela deixaria o controle do porto não mão de poucos empresários”. – de Pedro Ribeiro, no Documento Reservado.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com