Escrito por 15:00 Assunto

Entorno da Estrada da Graciosa ganha guia de atrações turísticas

Uma das regiões mais bonitas do Paraná, o entorno da Estrada da Graciosa, ganhou uma publicação que pretende aumentar o fluxo turístico e ressaltar o que o local tem de mais especial. O Guia Viva Graciosa é uma parceria de entidades públicas e privadas e mostra opções de gastronomia e lazer em Quatro Barras, Morretes e Antonina. As informações são de Carlos Coelho na Gazeta do Povo.

Os três municípios são ligados justamente pela estrada histórica, um caminho que percorre o trecho mais preservado de Mata Atlântica do Brasil. Ao longo dele, existem mais de 300 pequenas empresas do setor de turismo, apontam números da Paraná Turismo. São parques, recantos, vinícolas, lojas de artesanato e, principalmente, endereços gastronômicos.

Idealizador da publicação, Marcus Andreoli, da Coezo Marketing Cultural, aponta que as informações sobre estes locais não eram organizadas, o que dificultava o acesso de turistas e a própria sobrevivência dos negócios. O guia detalha 39 destes passeios, focando naqueles que “preservam a Mata Atlântica, a história e a cultura local”, diz a descrição. “Pensei: ‘vamos fazer uma publicação sobre os caras que valorizam aquilo que é o local, que investem localmente, que tem práticas sustentáveis’”, destaca Andreoli.

Há no guia endereços como a Salumeria Monte Belo e a Vinícola Fardo, em Quatro Barras, o restaurante Madalozo e a cachaçaria Casa Poletto, em Morretes, e o Vale do Gigante, em Antonina. A publicação traz ainda cupons de desconto para muitos dos lugares. “[Foi uma ideia] Para atrair público, dar incentivos para as pessoas”. O total é de R$ 150 em descontos em serviços de diversas naturezas.

Novos projetos para a região
Marcus Andreoli, que já tinha experiência com ações no Litoral, como o Morretes Chef – um evento gastronômico ao lado do conhecido chef curitibano Celso Freire –, conseguiu viabilizar parcerias com agentes de peso que têm ligação com esta região, como o Sebrae, Fundação O Boticário, Ecovia e a Paraná Turismo.

De acordo com ele, o Guia é a primeira parte de um projeto maior de fomento ao turismo na região serrana do Litoral. A publicação custa R$ 10 e, segundo o idealizador, terá arrecadação revertida para novas ações. “É para justamente ajudar os lugares, revitalizar aqueles que merecem ser revitalizados. Isso para fazer o turista visitar e fazer a roda da prosperidade girar”, diz.

A verba, junto com investimentos de outras agentes, será usada para viabilizar um caminho turístico, com desenho do renomado arquiteto paranaense Gustavo Utrabo. Em fase inicial de elaboração, o projeto é criar uma rota mostrando como se faz farinha de mandioca, bala de banana e o barreado, itens tradicionais destes municípios.

O Guia pode ser comprado pela internet e em redes hoteleiras como Bristol, Atlântica e Deville.

 

Close