por 08:19 Foz do Iguaçu, Itaipu Binacional

Entenda para que servem os Semáforos inteligentes da Vila A

Na semana passada, desde que começaram os semáforos inteligentes começaram a funcionar na Vila A, muitas dúvidas surgiram sobre os equipamentos e suas funções e, em especial, a respeito dos quatro semáforos inteligentes instalados nos cruzamentos das avenidas mais movimentadas do bairro.

Para esclarecer a população, o PTI preparou um material detalhando mais sobre o funcionamento dessa nova estrutura, que ainda está passando por uma série de ajustes. Confira:

O que são semáforos inteligentes?

Os semáforos inteligentes são sistemas autossuficientes capazes de entender os fluxos de veículos, aumentando ou diminuindo o tempo de cada sinal. O tempo desses semáforos é definido pelo Foztrans, que já conhece os fluxos e os horários de tráfego mais intenso da região.

O que o semáforo inteligente faz é um ajuste em tempo real para deixar um sinal mais tempo aberto ou fechado para agilizar o tráfego de veículos.

Os semáforos inteligentes multam?

Toda nova tecnologia traz uma série de dúvidas sobre sua finalidade e para que servem. Uma das dúvidas frequentes que apareceram nessa última semana é se os semáforos inteligentes irão multar os veículos. A resposta é “não”.

O objetivo principal é aumentar a segurança da região, a partir da agilização do fluxo de veículos e pelo reconhecimento de placas de veículos.

Que outras vantagens esses semáforos apresentam?

O aviso sonoro para pedestres beneficia deficientes visuais, uma vez que é possível ouvir o momento em que o sinal abre para pedestres e o momento em que ele está prestes a fechar, tornando o cruzamento mais seguro para pedestres.

O sistema também consegue detectar ambulâncias para garantir agilidade no transporte de vítimas de acidentes.

Além disso, as câmaras instaladas possuem alta resolução, com capacidade de ver muitos detalhes da imagem, até mesmo aplicado o zoom. Essa precisão é importante para colaborar com as polícias e guarda municipal na identificação de suspeitos e na investigação de ocorrências.

“Gradativamente, teremos condições de melhorar o fluxo de trânsito de veículos, a partir das informações coletadas, analisadas e processadas pelo sistema inteligente. Além disso, estaremos oferecendo para Polícia Militar e Guarda Municipal mais uma ferramenta para proporcionar maior segurança para o cidadão”, disse o diretor superintendente do Parque Tecnológico, general Eduardo Garrido.

Parceria

Os semáforos inteligentes integram as iniciativas Programa Vila A Inteligente, promovido pelo PTI-BR e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com a Itaipu Binacional e a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.

Para esta primeira fase do projeto, a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI-BR) e a ABDI firmaram um convênio de cooperação técnica e financeira de R$ 6.950.147,48, dos quais R$ 6.002.983,16 são destinados às aquisições e/ou contratações de soluções tecnológicas em Cidades Inteligentes.

Na segunda fase, está previsto um aporte da Itaipu Binacional de R$ 4.329.352,00 para instalação de soluções tecnológicas na Vila A nas áreas de segurança pública, eficiência energética, mobilidade, integração social, ambiental, empreendedorismo e novos negócios.

Fechar