Written by 17:00 Paraná

Em Matinhos, obra do novo quartel de Corpo de Bombeiros está parada desde 2013

A construção do novo quartel do Corpo de Bombeiros em Matinhos, no litoral do Paraná, está parada desde 2013 – ano em que a obra foi iniciada. A obra, que era para beneficiar os militares e a população, acabou se tornando um problema para a vizinhança. Informações G1.

O novo posto foi projetado para atender os bombeiros de todo o estado que trabalham durante a Operação Verão. Conforme o projeto, estavam previstos dois prédios, um alojamento e outro para serviços administrativos, totalizando 4 mil metros quadrados de área construída.

A obra começou em julho de 2013 e tinha custo estimado em R$ 7,5 milhões. A promessa era a de que os prédios seriam entregues no prazo de um ano e meio. Mas, segundo moradores, não há movimentação de trabalhadores no local desde o fim do ano que a construção começou.

O esqueleto da construção se tornou um alvo para vândalos e também local propício para focos do mosquito da dengue. Moradores reclamam da segurança no entorno da construção.

“No ano passado, eu abreviei minhas férias e fui embora antes. Estava aqui só com uma irmã e uma sobrinha e dava uma insegurança pra gente”, conta a aposentada Cornélia de Macedo.

Paulo Francisco Rocha, também aposentado, mudou-se para Matinhos há sete anos, quando o novo quartel saía do chão.

“Eu fico triste. Com o tanto de gente que tem morando na rua poderia alojar o pessoal aqui que pelo menos não chove dentro”, afirma.

O que diz o governo
A reportagem procurou a assessoria do ex-governador Beto Richa (PSDB) para saber o motivo para a obra ter sido parada, mas não obteve retorno.

Em nota, a assessoria do governador Ratinho Junior (PSD) informou que o governo está buscando a melhor solução para o imóvel e que o município de Matinhos tem interesse em receber a área como doação.

Conforme o comunicado, a Polícia Militar (PM) vai reforçar as rondas na região da obra abandonada.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Close