Written by 8:45 Sem categoria

Em Maringá, câmeras registram últimos momentos de Paolicchi

da Gazeta do Povo:

A Polícia Civil divulgou algumas imagens que auxiliaram na investigação da morte do ex-secretário da Fazenda de Maringá Luiz Antônio Paolicchi, de 54 anos. Os vídeos registrados por câmeras de segurança mostram a vítima deixando o prédio onde morava ao lado de seu companheiro, Vagner Eizing Ferreira Pio, de 25 anos, que teria sido o mandante do crime.

As primeiras imagens foram feitas na noite de 26 de outubro, às 20h36 e mostram os dois no elevador do prédio onde moravam, na região central de Maringá. Na ocasião, Paolicchi carregava uma sacola e um travesseiro. Na sequência, os dois vão até a garagem e entram em um carro (o Fiat Idea onde foi encontrado o corpo do ex-secretário), que é conduzido por Pio. O rapaz ia visitar a avó no Hospital do Câncer.

AQUI para ver o vídeo

Às 8h52, câmeras registraram imagens do veículo de Paolicchi no cruzamento das avenidas Teixeira Mendes e Euclides da Cunha.

Neste horário, o jovem já havia sido deixado no hospital. No entanto, a polícia ainda não sabe se neste momento era o ex-secretário que estava na direção ou se ele já tinha sido rendido e colocado no porta-malas por Eder Ribeiro da Costa, cunhado de Pio, e quem teria efetuado os disparos que vitimaram Paolicchi.

Outra imagem mostra Pio retornando ao apartamento. O vídeo gravado às 22h07 mostra o jovem chegando ao local de moto-taxi e pegando o elevador. Ele olha no espelho, arruma o cabelo e age como se nada tivesse acontecido.

A Polícia Civil ainda analisa as imagens da rodovia PR-317,por onde o carro de Paolicchi teria seguido até a zona rural de Floriano, onde o corpo foi encontrado. Neste trecho da estrada (entre Maringá e Floresta), a concessionária Viapar utiliza três câmeras com alcance de aproximadamente cinco quilômetros e rotação de 360 graus. Todas as imagens são geradas para o Centro de Controle e Operações (CCO) da concessionária.

Quatro pessoas foram presas

Quatro pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (29), acusadas de participação na morte de Paolicchi. Os envolvidos foram presos em Paranavaí, na Região Noroeste do Estado, após quase um mês de investigação. Além de Vagner Pio e Eder da Costa, a polícia também prendeu Arthur Vacelai Paulino (que teria escondido a arma utilizada no crime), e Vanessa Ferreira Eizing (irmã de Pio, acusada de ajudar no planejamento do assassinato). Os quatro estão presos na 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá e todos teriam confessado a participação no crime.

Segundo o delegado Nagib Palma, entre as motivações do assassinato estava o interesse de Pio em receber uma pensão de viuvez e herança, já que ele e o ex-secretário estavam casados há três meses em comunhão universal de bens.
O acusado ainda queria evitar que Paolicchi se apropriasse de uma indenização que ele, Pio, receberia de uma ação trabalhista. O crime também teria sido cometido para pagar uma dívida que Paolicchi tinha com Eder da Costa.

“A vítima [Paolicchi] era usuária de cocaína e devia dinheiro para o cunhado do Vagner [Costa]. Em depoimento, Vagner disse que apanhava de Paolicchi e por isso resolveu se vingar também. Ele confessou que iria receber pensão por ser viúvo e herdaria bens materiais”, disse o delegado.

LEIA MAIS

(Visited 22 times, 1 visits today)

Close