por 22:52 Alexandre Curi, Sem categoria

EM GUARAPUAVA, ALEXANDRE CURI DECLARA APOIO À PRÉ-CANDIDATURA DE ORLANDO PESSUTI

EM GUARAPUAVA, ALEXANDRE CURI DECLARA APOIO À PRÉ-CANDIDATURA DE ORLANDO PESSUTI

O deputado Alexandre Curi, primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, participou na noite desta quinta-feira (25), do encontro regional do PMDB em Guarapuava, no Centro-Oeste do Paraná. Em entrevista à imprensa, Curi deu uma declaração que pode por um ponto final nas especulações sobre suas pretensões políticas, de ser o vice na candidatura de outro partido nas eleições ao Governo do Estado em 3 de outubro.

“Eu sou do lado do partido. A decisão do meu partido será a minha decisão. Tenho fidelidade partidária e já disse ao (Orlando) Pessuti isto. É lógico que existem conversas com outros partidos, mas a decisão final é do Pessuti. E se o Pessuti for o candidato, será o meu candidato”, declarou Curi.

“O Pessuti vai ser governador a partir do dia primeiro de abril, isto dará visibilidade a ele. Lógico que as pesquisas hoje não mostram o Pessuti numa colocação muito boa, mas o PMDB tem a força, o PMDB tem máquina na mão, o PMDB tem o maior número de diretórios e isto pode fazer a diferença lá na frente”, completou Curi.

A manifestação do deputado ocorreu uma semana após o líder do Governo na Assembleia, Luiz Claudio Romanelli (PMDB), participar ao lado de Pessuti, do encontro regional do partido em Jacarezinho, no Norte Pioneiro do Paraná. Na avaliação de Curi o jogo “só começa a partir de junho”.

Em relação aos encontros regionais do PMDB – até meados de março serão completados 10, o primeiro-secretário da Assembleia disse que os eventos são importantes porque ajudam a divulgar as ações do governo Pessuti e Roberto Requião. “Temos obras em todo o Paraná. O Paraná é um canteiro de obras e estes encontros são importantes para estimular os nossos diretórios do PMDB a divulgarem o que estamos fazendo, as obras, os benefícios, a mudança que fizemos no Paraná nestes últimos anos”, disse.

Leia a seguir a íntegra da entrevista de Alexandre Curi:

Pergunta – Qual a importância dos encontros regionais do PMDB?
Alexandre Curi –
Sem dúvida ajuda a divulgar o belíssimo governo Pessuti e Roberto Requião. Temos obras em todo o Paraná. O Paraná é um canteiro de obras e estes encontros são importantes para estimular os nossos diretórios do PMDB a divulgarem o que estamos fazendo, as obras, os benefícios, a mudança que fizemos no Paraná nestes últimos anos. Os investimentos, a valorização, o salário mínimo regional, a tarifa social da água, a tarifa social da Sanepar…

Então, são encontros importantes que fortalecem o maior partido do Paraná, o maior partido do Brasil, nós temos o maior número de prefeitos, o maior de prefeitos, o maior número de deputados estaduais e federais. Então é importante, fortalece o nosso partido, fortalece a candidatura do vice-governador Pessuti e divulga e divulga este que sem dúvida nenhuma é o melhor governo da história do Paraná.

O senhor apóia a candidatura do Pessuti?
Lógico. Eu sou do lado do partido. A decisão do meu partido será a minha decisão. Tenho fidelidade partidária e já disse ao Pessuti isto. É lógico que existem conversas com outros partidos, mas a decisão final é do Pessuti. E se o Pessuti for o candidato será o meu candidato, o candidato do (Luiz Claudio) Romanelli e o candidato de todos do PMDB.

Embora que ainda esteja numa fase muito inicial, a gente sabe que o vice-governador não está assim tão bem nas pesquisas. Então, qual a sua expectativa em relação a esta candidatura e o que lhe dá confiança que ele possa conquistar maior simpatia do eleitorado?
O Pessuti vai ser governador a partir do dia primeiro de abril, isto dará visibilidade a ele. Lógico que as pesquisas hoje não mostram o Pessuti numa colocação muito boa nas pesquisas, mas o PMDB tem a força, o PMDB tem máquina na mão, o PMDB tem o maior número de diretórios e isto pode fazer a diferença lá na frente e acho que o jogo só começa a partir de junho.

Fechar