0 Shares 267 Views

Em Cascavel, mais cinco partidos confirmam apoio a Paranhos

10 de julho de 2016
267 Views

Em Cascavel, mais cinco partidos confirmam apoio a Paranhos

Nesta sexta-feira, 8, mais cinco partidos anunciaram apoio à pré-candidatura a prefeito do deputado Paranhos (PSC) em Cascavel: SD, PSDC, PTdoB, DEM e PRP. Além desses partidos, outros dois – PTB e PTC – já declararam apoio à Paranhos na semana passada.

“Na verdade estamos consolidando o compromisso com um projeto comum e em sintonia com a filosofia da democracia cristã”, disse o presidente do PSDC, o advogado Lauri Silva, durante encontro no Espaço N Show que reuniu mais de mil pessoas no centro de Cascavel.

“A decisão é resultado de conversas com todos os pré-candidatos. Ouvimos a todos e democraticamente decidimos pelo melhor projeto para a cidade”, diz Cleber Fonseca, presidente do PRP, um dos primeiros partidos a decidir por Paranhos.

Esse mesmo pensamento norteou a decisão do Solidariedade, de acordo com o presidente do partido, Marcos Rios. “Temos a confiança de estarmos fazendo uma opção segura de mudança de rumos para Cascavel”, enfatiza.

Já o presidente do Democratas disse que nunca houve dúvidas quanto a essa escolha. “Percebemos há muito tempo que tínhamos um pré-candidato que se preparou para o desafio de governar a cidade e realizar uma mudança de rumos segura”, afirma Juarez Berté.

A adesão do PTdoB à pré-candidatura de Paranhos é avaliada pelo presidente do partido, o médico Jadir de Mattos, como um momento novo na vida política de Cascavel. “Fomos convidados para integrar um projeto que valoriza as pessoas e isso é o que pensamos e o que precisamos”.

De acordo com o deputado Paranhos, as adesões estão acontecendo naturalmente. Desde o início nós convidamos pessoas de bem para fazerem parte desse projeto. “Todos estão convidados, independente das siglas partidárias a que pertencem. O bem estar das pessoas está acima das siglas e o nosso projeto tem esse foco. Precisamos parar de dividir e começar a somar, pelo bem da cidade”.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.