Escrito por 18:30 Chico Brasileiro, Destaques, Educação, Foz do Iguaçu

“Educação de qualidade é o melhor presente no dia das crianças”, diz Chico Brasileiro

Compartilhe

Nesta segunda-feira 12, dia das crianças, o prefeito Chico Brasileiro (PSD) voltou a reforçar a importância da educação pública de qualidade, o que ganhou corpo nos últimos 40 meses em Foz do Iguaçu com a qualificação e a valorização dos professores municipais e a construção, ampliação e reformas de creches (cmeis) e escolas.

“Ofertar educação pública de qualidade é uma das principais metas deste governo. Quando assumi o comando da prefeitura em 2017, disse a todos que ganhei 25 mil filhos e que me dedicaria a fazer da educação uma grande prioridade, uma oportunidade para cada uma das crianças de Foz do Iguaçu se formar um cidadão agente de sua própria história”.

Em três anos e meio, Chico Brasileiro efetivou sua proposta e construiu novas creches e novas escolas, algumas totalmente reconstruídas. “Quando assumimos o governo Foz tinha 34 creches e 50 escolas. Hoje, a meta da minha equipe é igualar, 50 escolas e 50 creches, para que a criança comece a estudar mais cedo e assim proporcionar melhoria na educação. A educação nos primeiros anos de vida vai ter influência nos futuros anos de aprendizagem e de vida dessas crianças”.

Creches e escolas – Foram entregues a nova escola Olavo Bilac, na Gleba Guarani, reconstruída a Escola Gabriela Mistral, na Vila A. Inaugurados seis CMEIs e outros quatro estão em construção e várias escolas reformadas e ampliadas.

Além disso, Foz do Iguaçu é uma das seis cidades do Paraná que receberão o Projeto Zero Energy. Quarenta escolas e CMEIS foram selecionados para receber a instalação de placas fotovoltaicas, de captação de energia solar mais barata e menos prejudicial ao meio ambiente, que auxiliam ainda na climatização das salas de aula.

“Na educação, só no ano de 2020, está sendo investido R$ 240 milhões, segundo maior orçamento do município. Vamos abrir mil novas vagas no ensino infantil, metade em tempo integral”, disse o prefeito de Foz do Iguaçu.

Obras – Estão garantidas as ampliações e reformas das escolas Altair Ferrais Zizo da Silva (R$ 1. 923.000) no Jardim Ipê, Duque Caxias (R$ 2.803.577) no Parque Morumbi II e João Adão da Silva (R$ 2,7 milhões) no Jardim Santa Rita. Na lista está a reforma completa da escola Acácio Pedroso no Prolilurb I – em fase de projeto, mas que já tem R$ 2 milhões reservados no orçamento participativo.

E ainda a construção das novas escolas Gabriela Mistral (R$ 3 milhões) no Jardim Lancaster, Angatuba (R$ 3 milhões) no Lagoa Dourada, Professora Lucia Marlene (R$ 3 milhões) na Vila Yolanda, Julio Pasa (R$ 3 milhões) na Vila Bom Jesus, Cândido Portinari (R$ 3 milhões) no Jardim Petrópolis e Brigadeiro Antônio Sampaio (R$ 3 milhões) no Alto Boa Vista.

E dos centros de educação infantil no Jardim Jupira (R$ 3 milhões), Vila Portes (R$ 3 milhões), Angatuba (R$ 3 milhões) e Porto Meira (R$ 3 milhões).

Educação – “O que estamos investindo nessas novas estruturas é fundamental para que tenhamos um ambiente adequado às crianças, professores, para toda a equipe, para que possamos cada vez mais implementar um projeto pedagógico de formação cidadã que temos desde a educação infantil”, disse o prefeito.  

Entre 2017 e 2019, segundo Chico Brasileiro, a prefeitura investiu R$ 80 milhões em obras (ampliação, construção e reforma)  e compra de novos equipamentos na educação. Foram entregues cinco Cmeis: Rubem Alves (primeiro polo de atendimento integral da cidade) no Jardim São Paulo, Professora Heley de Abreu em Três Lagoas, Professora Nídia Benitez na Cidade Nova, Professora Vanderli Moreira no Porto Moreira e Professora Onira Caprini no Jardim São Roque.

Já foram entregues também a reforma da Escola Getúlio Vargas (Vila Adriana) e as quadras na escolas Jorge Amado (Cidade Nova) e Emílio de Menezes (Parque Morumbi II).

Outros quatro centros de educação estão em construção: Jardim Almada, Jardim Paraná, Jardim Buenos Aires e Profilurb II. O Cmei do Jardim Almada será concluído nos próximos dias e os demais também serão entregues neste ano.

Professores – Há ainda o Cmei Claudio da Silva  Lourenço no Sol de Maio, reformado e ampliado, que será entregue na próxima semana e a Escola Olavo Bilac, totalmente reconstruída, na Gleba Guarani, cujas as obras serão entregues até o final do mês de março .

Em março, foi entregue a reforma e ampliação do Cmei Flor de Acácia, no bairro Porto Belo, que atende 160 crianças recebeu investimentos na ordem de R$ 1,1 milhão. 

“Vale lembrar que não são somente as novas estruturas de escolas e Cmeis. Fizemos concursos para contratação de novos professores – só na educação infantil foram chamados mais de 300 professores. Todas as 50 escolas municipais e 41 Cmeis receberam novos parquinhos e as escolas receberam também laboratórios de informática”, completou o prefeito.

Close