Escrito por 10:40 Foz do Iguaçu

Educação Ambiental é tema do Dia do Rio Iguaçu em Foz do Iguaçu

A vice-governadora Cida Borghetti apresentou nesta sexta-feira, 16, as ações ambientais executadas por escolas, entidades para limpar e recuperar toda a extensão do Rio Iguaçu “Os trabalhos de recuperação e preservação da bacia do rio Iguaçu estão em andamento há dois anos. Todas as ações ocorrem com a união dos setores público e privado com a participação essencial da sociedade civil. Juntos estamos revitalizando o rio mais importante do Paraná e toda a sua vegetação”, disse Cida durante o evento do Dia do Rio Iguaçu em Foz do Iguaçu.

Coordenadora do comitê de revitalização do Rio Iguaçu, Cida Borghetto é autora da lei que instituiu o Dia do Rio Iguaçu comemorado nesta sexta-feira. Mais de 40 entidades participam do projeto liderado pelo Estado com o apoio de prefeituras e governo federal. Com 1,3 mil quilômetros e 23 afluentes, o Rio Iguaçu é o maior rio do Paraná, sua bacia hidrográfica envolve 113 municípios e ocupa 33% do território do estado.

Cida Borghetti adiantou que nas próximas semanas o Estado e a prefeitura de Curitiba anunciarão um grande plano de ação para a despoluição do Rio Belém, um dos principais afluentes do Iguaçu, que corta a capital. “Vamos dar início a este projeto emblemático que trará qualidade a toda a população. O Rio Iguaçu começa na região metropolitana de Curitiba e chega até Foz do Iguaçu nesse encontro maravilhoso com o Rio Paraná, desaguando nas Cataratas do Iguaçu que é um cartão postal do Brasil para mundo”, frisou.

De acordo com ministro da Saúde, Ricardo Barros, presente no evento, o governo federal está dispondo de recursos para a recuperação do rio. “O Ministério das Cidades é quem opera esta área e nós estamos fazendo uma ação integrada. Nas próximas semanas serão anunciados mais de R$ 1,2 bilhão em recursos de saneamento no Paraná. Todas as cidades estão envolvidas e em especial a recuperação do Rio Belém na capital”, explicou.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, elogiou as parcerias e afirmou que a revitalização da bacia do Rio Iguaçu é uma garantia para os municípios que dependem do rio economicamente. “Foz do Iguaçu através das Cataratas, depende que este rio seja preservado e se torne cada vez mais uma potência da natureza. Trabalho importante para o futuro da economia e da sustentabilidade da nossa região”.

Segundo o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, a parceria com Foz do Iguaçu é referência em todo o estado. “São mais de R$ 116 milhões de investimentos em saneamento no município e mais R$ 46 milhões assegurados para uma nova estação de tratamento de água, garantindo abastecimento para os próximos 30 anos”, disse.

Close