por 15:22 Brasil, Política

Diretor do Butantan diz que governo foi mais ágil na compra da Astrazeneca

Ao responder ao relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (PMDB-AL), nesta quinta-feira (27), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, lamentou a demora na compra da Coronavac e disse que, no caso da vacina da Astrazeneca, houve mais agilidade e até adiantamento de recursos. Renan lembrou que a Pfizer também fez uma oferta de 70 milhões de doses ao Brasil em agosto do ano passado, no mesmo dia em que o Butantan ofereceu 60 milhões de doses ao Ministério da Saúde. O senador concluiu que o Brasil pode ter deixado de adquirir, em um único dia, 130 milhões de doses de vacina.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com