0 Shares 277 Views

Dilma trava novos investimentos no Porto de Paranaguá

9 de setembro de 2015
277 Views

Dilma trava novos investimentos no Porto de Paranaguá

A perseguição do governo federal ao Paraná não cessa e não tem limites. Reportagem de Talita Boros Voitch na Gazeta do Povo registra que o Porto de Paranaguá ficou de fora da lista da Secretaria dos Portos, divulgada no fim de agosto, que autoriza a elaboração de 28 estudos de viabilidade o arrendamento de terminais em quatro portos públicos brasileiros. “É mais um golpe para o porto paranaense, que precisa aumentar a capacidade de movimentação para não perder ainda mais espaço para os vizinhos Rio Grande (RS) e São Francisco do Sul (SC), que vêm se consolidando como alternativas no escoamento de grãos na região Sul”, escreve Talita Voitch.

O superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, diz que a decisão da SEP em excluir Paranaguá da lista deixou a administração apreensiva. “Isso foi uma decisão interna. Não sei se por descuido, mas o Paraná foi esquecido. Não tenho dúvidas de que não tem como enxergar projetos nos dois estados vizinhos de Paranaguá [Santos e São Francisco do Sul] e deixar o Paraná de fora”, afirma.

A nova etapa do programa de investimento pretende arrendar seis terminais em Paranaguá, dos quais cinco são áreas livres e um tem arrendatário. O porto paranaense está no segundo bloco do programa de concessões do governo federal, mas a Appa tinha expectativa de acelerar o processo e conseguir que os leilões fossem realizados ainda neste ano.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.