Written by 11:32 Turismo e Meio Ambiente

Desmatamento na Mata Atlântica é o maior desde 2008, diz levantamento

floresta

Levantamento do Atlas dos Remanescentes Florestais da Mata Atlântica, divulgado nesta terça-feira (4) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pela SOS Mata Atlântica, revela que o desmatamento da floresta entre os anos de 2011 e 2012 atingiu cerca de 235 km², o maior nível desde 2008. No levantamento de 2010 a 2011, a taxa anual ficou em 140 km² e a média de 2008 a 2010 foi de 151 km².

Na comparação dos dez estados avaliados em todos os períodos do atlas (feito desde 1985 e que incluiu BA, ES, GO, MG, MS, PR, RJ, RS, SC e SP desde o início), o aumento foi de 29% em relação a medição feita em 2010-2011. Os estados de Minas Gerais, Bahia e Piauí têm situação mais crítica, já que foi constatado um avanço na derrubada da vegetação nativa em suas áreas.

Estima-se que restam apenas 8,5% da vegetação original da Mata Atlântica, que alcança 17 estados brasileiros e é considerado o bioma mais ameaçado do país. Essa paisagem natural é uma das mais ricas em biodiversidade, e até 60% de suas espécies de plantas são endêmicas, ou seja, só existem naquela região. Ainda segundo o atlas do Inpe e da SOS Mata Atlântica, nos últimos 27 anos, o bioma perdeu 18.269 km² de vegetação nativa, uma área equivalente a 12 cidades de São Paulo. (Com informações do G1)

(Visited 2 times, 1 visits today)

Close