por 19:01 Sem categoria

DEPUTADOS DA OPOSIÇÃO FOGEM DA AUDIÊNCIA COM AIRTON PISSETI

DEPUTADOS DA OPOSIÇÃO FOGEM DA AUDIÊNCIA COM AIRTON PISSETI 

Deputados do PMDB, PT, PSDB e PMN lamentaram a retirada dos deputados dos partidos de oposição da audiência especial na Comissão de Comunicação da Assembléia Legislativa nesta terça-feira (11) com o secretário estadual da Comunicação Social, Airton Pissetti, por sua participação na campanha do ex-bispo Fernando Lugo à presidência do Paraguai.

“Vimos a oposição fugir da verdade. O secretário Pissetti veio de boa fé e trouxe todos os documentos, com transparência. A ética foi respeitada e o dinheiro público foi bem usado. A questão foi esclarecida e prestamos um relevante serviço à opinião pública”, afirmou o líder do governo, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB).

Romanelli explicou que a participação do secretário Pissetti foi muito boa. “Ele não fugiu de nada, respondeu a tudo”. Segundo o líder do Governo, Pissetti apresentou com clareza o que devia apresentar. “Mas lamento a saída do líder e dos deputados de oposição, pois nada de absurdo estava acontecendo”, esclareceu Romanelli.

O deputado Nereu Moura (PMDB) disse que o interesse dos deputados que apóiam o governo foi evitar que a sessão se transformasse em joguete político da oposição. “Esta casa está cumprindo o seu dever de fiscalizar o dinheiro público. Nem a Assembléia Legislativa nem o Governo querem encobrir qualquer irregularidade”, ressaltou.

Para Nereu Moura, “é lamentável que alguns deputados afoitos, ao verem a verdade nua e crua, se retiraram, sem nenhuma justificativa. O secretário Airton Pissetti esclareceu todas as dúvidas”.

O deputado Dobrandino da Silva (PMDB) destacou que a retirada da oposição “foi vergonhosa”. “Não existe prova alguma de que o governo do Paraná esteja contribuindo com dinheiro para a campanha do candidato Fernando Lugo. Lamento muito o papel da oposição, que foi orquestrado”, comentou.

O deputado Professor Luizão (PT) afirmou que a retirada dos deputados da oposição foi uma encenação orquestrada. “Eles levantaram diversas suspeitas e depois se retiraram do debate, prejudicando o trabalho da comissão”.

Participaram ainda da reunião os deputados Cleiton Kielse (PMDB), Dr. Batista (PMN), Plauto Miró (DEM), Élio Rusch (DEM), Pastor Edson Praczik (PR), Douglas Fabrício (PPS) e Alexandre Curi (PMDB), Ademar Traiano (PSDB), Waldyr Pugliesi (PMDB), Péricles de Mello (PT), Valdir Rossoni (PSDB), Francisco Buhrer (PSDB) e Marcelo Rangel (PPS).

Fechar