0 Shares 470 Views

Decisão unânime dos desembargadores mantém Boca Aberta Jr na Alep

5 de setembro de 2019
470 Views

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) julgou improcedente uma representação que pedia a cassação do mandato do o deputado estadual Matheus Petriv, mais conhecido como Boca Aberta Jr.

Resultado de imagem para Tribunal Regional Eleitoral do paraná

A decisão foi unânime e afasta a possibilidade do primeiro suplente da chapa de assumir a vaga, o atual secretário de Obras de Cascavel, Adelino Ribeiro.

O entendimento…

Os desembargadores entenderam que a irregularidade não é grave o suficiente para justificar a cassação.

Irregularidades…

A denúncia contra Boca Aberta Jr foi feita pelo PDT era de irregularidade na prestação de contas e o Ministério Público chegou a opinar que ele deveria ter o mandato cassado.

A representação indica que foram ocultadas despesas com publicidade.

“O extrato final da prestação de contas possui apenas a declaração de gastos no valor de R$ 1.400,00, estando zerado em relação às demais despesas. Contudo, o representado fez uso de diferentes formas de publicidade, que foram omitidas da Justiça Eleitoral, juntamente com suas fontes de custeio”, destacou o MP Eleitoral.

Em defesa, Boca Aberta Jr disse que todas as despesas com publicidade foram casadas com o material gráfico do pai do candidato, o deputado federal Boca Aberta. As informações são do Fábio Campana.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.