por 12:26 Sem categoria

CURITIBA TERÁ 10 NOVOS POSTOS DA AGÊNCIA DO TRABALHADOR

CURITIBA TERÁ 10 NOVOS POSTOS DA AGÊNCIA DO TRABALHADOR

Curitiba terá 10 novos postos da Agência do Trabalhador agora em abril. Os postos oferecem intermediação de mão-de-obra e cadastros para seguro-desemprego. Serão três postos nas Ruas da Cidadania da Cidade Industrial, Cajuru e Matriz, no centro da cidade, e mais sete nos sindicatos com maior rotatividade de trabalhadores, como da construção civil, comércio e asseio e conservação.

A proposta da Secretaria do Trabalho é diminuir as filas e aumentar a capacidade de atendimento da Agência do Trabalhador Central de Curitiba e dos seus sete pontos de atendimento espalhados pela cidade. “Vamos mais que dobrar nossa capacidade de atendimento, colocar pontos de atendimento em bairros de grande movimentação, como o centro, o CIC e o Cajuru”, explicou o secretário de Trabalho, Nelson Garcia.

Os novos postos vão equilibrar a procura aos postos antigos. Por exemplo, o posto na Rua da Cidadania do Fazendinha, que atende moradores dos bairros Santa Helena, Caiuá e CIC. Com o novo posto na Rua da Cidadania da Cidade Industrial, os moradores do CIC não vão precisar se deslocar até o bairro vizinho, facilitando a vida destes trabalhadores, diminuindo as filas e melhorando o atendimento no Fazendinha. O mesmo deve acontecer com a Agência Central, que deve ser desafogada pelo posto na Matriz.

A instalação dos postos nos sindicatos é uma iniciativa inédita e vai apoiar o trabalhador na hora de dar entrada no seguro-desemprego e de procurar um serviço. Com a parceria com os sindicatos os trabalhadores vão encontrar mais comodidade na hora de procurar estes serviços, porque vão estar dentro de seus sindicatos, recebendo toda orientação necessária.

Hoje Curitiba tem oito pontos voltados para serviços ao trabalhador. A Agência Central, seis postos descentralizados nas Ruas da Cidadania e o posto na sede do Centro Integrado dos Empresários e Trabalhadores das Indústrias do Paraná. Todos são administrados pelo Governo do Paraná.

A procura pelos serviços do Sistema Público de Empregos, oferecidos pelas 245 Agências do Trabalhador em todo o estado, aumentou muito nos últimos anos. O que representa a confiança que a população adquiriu no governo federal e estadual. Em Curitiba são atendidas em média três mil pessoas por dia.

Fechar