por 10:28 Sem categoria

Curitiba: emissoras anunciam os debates

Curitiba: emissoras anunciam os debates

Marcus Vinicius Gomes
Especial para o UOL

Em Curitiba
As afiliadas da Band e da Globo no Paraná já confirmaram debates com os oito candidatos à Prefeitura de Curitiba nos meses que antecedem as eleições. Mesmo na condição de favorito e com chances de vencer no primeiro turno, segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Alvorada, de Londrina, o prefeito tucano Beto Richa, que disputa a reeleição, garante que irá comparecer a todos os eventos.

A Band marcou os debates para os dias 31 de julho e 28 de agosto. Já a Rede Globo mantém tradição de eleições anteriores e programou para o dia 2 de outubro – três dias antes do primeiro turno – o debate com os prefeituráveis de Curitiba, que será realizado simultaneamente também em outras capitais e nas principais cidades de cada um dos 26 estados da federação – no Distrito Federal não há eleição para a prefeitura.

A candidata do PT à Prefeitura de Curitiba, Gleisi Hoffmann, também confirmou presenças em todos os debates e espera que ocorram outros. "Espero que esta campanha seja pontuada por muitos debates, pois assim temos a chance de nos auto-analisar e discutir mudanças. Ninguém vence de véspera. O curitibano gosta de discutir sua cidade e é exatamente isso que queremos fazer", afirmou Gleisi.

A Rede Independência de Comunicação (RIC), afiliada da Record no Paraná, optou por fazer três rodadas de entrevistas com os candidatos durante a edição noturna do jornal local. Cada concorrente terá um espaço para debater assuntos previamente agendados. As entrevistas acontecerão de 21 a 29 deste mês, de 18 a 26 de agosto e de 22 a 30 de setembro. Além disso, o jornalismo da emissora irá cobrir a presença do candidato na emissora em reportagens que serão exibidas no jornal do meio-dia com a duração de 2 minutos cada uma.

Debate na igreja

O primeiro debate entre os candidatos à Prefeitura de Curitiba ocorreu no domingo (6) em local inusitado – o Salão Paroquial da Igreja do Barreirinha -, com a presença de 3 mil pessoas, a maioria militantes dos partidos. Por conta do tumulto, o mediador e organizador do encontro, padre Leocádio Zytkowski, foi obrigado várias vezes a chamar a atenção do público e garantir a palavra dos candidatos. Sem sucesso.

Fechar