Written by 17:35 Sem categoria

Curitiba é o destino mais atraente do Sul

Da Gazeta do Povo:


Profissionais que se dizem interessados em avaliar uma oportunidade de trabalho na Região Sul apontam Curitiba como o destino mais atraente. Esse é o resultado de um levantamento realizado pela multinacional inglesa de recrutamento Hays, que abriu na semana passada uma unidade em Curitiba, a quarta no país – as outras são em São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas.

Entre 1,8 mil candidatos a uma vaga que fazem parte do banco de dados da Hays no Brasil, 36,2% citam a capital paranaense como a cidade mais atrativa do Sul na hora de aceitar um novo emprego. Florianópolis (31,3%) e Porto Alegre (17,2%) vêm em seguida. A região menos citada é “interior ou litoral paranaense”, com 3% (veja quadro ao lado).

O que mais pesa na decisão desses profissionais é o pacote anual de remuneração e os benefícios, apontado por 77,5% dos entrevistados; a qualidade de vida para eles e suas famílias (68,9%); e o desafio proposto pela contratante (64,2%).

Para Cesar Rego, gerente da unidade da Hays em Curitiba, o resultado revela que os profissionais veem que empresas importantes estão estabelecidas na cidade. “A qualidade de vida sempre foi um ponto importante e atraente da cidade, mas agora a pesquisa mostra que, além disso, a possibilidade de uma boa remuneração e de benefícios também pesam na decisão de vir para cá”, diz. Ele lembra que mesmo uma mudança horizontal na carreira – mantendo-se cargo e salário similires ao emprego anterior – pode ser vantajosa. Um profissional que sai de São Paulo encontra um custo de vida mais baixo em Curitiba, ou seja, possui maior poder de compra aqui.

A maior parte dos entrevistados na pesquisa é do sexo masculino (75%) e tem entre 30 e 39 anos (46,4%). Do total de participantes, 56% são de São Paulo e 46% atuam em algum cargo de gerência.

Escassez
De acordo com o executivo da Hays, alguns cargos em Curitiba e região são difíceis de serem preenchidos com profissionais do próprio estado. Ele cita as funções de engenharia de produção, planejamento financeiro, gerenciamento de projetos, vendas técnicas (de máquinas e equipamentos) e relação com investidores como algumas que normalmente são ocupadas por profissionais de fora do Paraná.

Em Curitiba, a filial da em­­presa começará a atuar no recrutamento de profissionais de média e alta gerência – uma outra unidade é responsável pelo recrutamento de diretores e presidentes. A consultoria vê a cadeia automotiva da região como bastante atraente para o serviço que oferece. “A Hays fez um estudo para analisar o potencial de sete cidades do país, e Curitiba ficou em primeiro lugar”, afirma Luiz Valente, diretor-geral da Hays no Brasil. “A região vem apresentando crescimento acelerado e sustentável nos últimos anos”, diz ele, citando o caso da indústria metal-mecânica.

Curitiba tem sido alvo de diversas consultorias de recrutamento com renome internacional. Manpower, Michael Page e Fesa são algumas das empresas que já estão instaladas na cidade.

Perfil
A Hays possui 257 escritórios em 31 países. A unidade brasileira, que existe desde 2006, responde pelo sexto maior faturamento do grupo.

(Visited 4 times, 1 visits today)

Close