por 10:14 Sem categoria

Culpa do Álvaro Dias

O trabalho e empenho do prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB) parecem não surtir efeito na avaliação do comando da campanha de Geraldo Alckmin. Leia as duas notas deste sábado (2) da Folha de S. Paulo. O Paraná é colocado como ponto crítico e, além disso, o comando culpa o senador Álvaro Dias (PSDB) pela inércia da campanha tucana.

Alarme – Os tucanos também mapearam o pontos críticos para Alckmin. São estados onde não há “nem adesivo em carro”, como Paraná, Alagoas e Rio Grande do Norte.

Caso perdido – Será dada atenção especial ao Paraná, onde Alckmin poderia até ultrapassar Lula, mas não tem quem leve seu nome. A bronca de alckmistas é com Alvaro Dias, que cuida de sua reeleição ao Senado e se faz de morto na disputa presidencial.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com