por 08:00 Sem categoria

COMEÇA EM CURITIBA O FÓRUM SOCIAL DO MERCOSUL

Começa em Curitiba o Fórum Social do Mercosul

Evento ocorre na Reitoria da Universidade Federal do Paraná e promove uma série de debates sobre as políticas públicas da América Latina. As atividades prosseguem até a tarde de segunda-feira (28)

 Militantes de movimentos populares e autoridades de 12 nações da América Latina participam em Curitiba do Fórum Social do Mercosul. O evento, até segunda-feira (28), reúne cerca de dois mil ativistas no   prédio da Reitoria da Universidade Federal (UFPR). O governador Roberto Requião participou da abertura e pediu solidariedade entre os povos para garantir a unidade na América do Sul.

 “A nação tem compromisso com o amor e a solidariedade e a América do Sul que nós queremos é a América do Sul que viva a garantia das características de cada povo”, declarou Requião. A solenidade que deu início ao FSMercosul, marcou o início das comemorações dos 40 anos da resistência democrática que mobilizou os estudantes da Universidade Federal contra a tentativa de calar estudantes e professores na Reforma da Educação promovida pela ditadura militar, informou o coordenador geral Doático Santos.
 
 O vice-governador Orlando Pessuti também participou do ato e defendeu a troca das aduanas e obstáculos nas fronteiras por comitês de boas vindas. O reitor da UFPR, Carlos Moreira, convocou os ativistas para uma “reflexão social”. A solenidade contou com a participação do bispo Dom Ladislau Biernaski, do deputado federal e presidente do Parlamento do Mercosul Dr. Rosinha, de líderes religiosos, estudantes universitários e parlamentares de diversos países da América do Sul.

 As atividades nos três dias do FSMercosul ocorrem de maneia ininterrupta das 10h até 20h com entrada gratuita nos painéis, mesas, shows e apresentações artísticas que ocorrem nas tendas, anfiteatros e salas da UFPR. A programação em tempo real está disponível no site do evento (www.forumsocialdomercosul.org).

Fechar