Com fim do pedágio, Estado deixa de emitir autorizações especiais de trânsito para rodovias federais

Com o término das concessões de pedágio, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) deixa de emitir Autorizações Especiais de Trânsito (AET) para circular nas rodovias federais do Anel de Integração. A mudança entra em vigor a partir desta sexta-feira (26).

A data marca o fim dos convênios de delegação das rodovias federais ao Governo do Paraná, que voltam a ser de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O órgão passará a emitir as AET para estas rodovias, por meio de seu portal. As autorizações emitidas pelo DER/PR até a véspera permanecem vigentes até expirar a sua validade.

As AET são documentos necessários para qualquer veículo ou combinação de veículos que ultrapasse os limites de peso e dimensões (largura, altura e comprimento), estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), para utilizar a malha rodoviária.

Os caminhões de cargas não divisíveis, como os usados no transporte de grandes peças metálicas ou peças pré-moldadas de concreto de uma fábrica até o local de uma obra, são exemplos de veículo que necessitam da AET.

Para verificar a jurisdição de cada rodovia, os transportadores podem consultar os mapas rodoviários do DER/PR.

Devido a ajustes operacionais, o DER/PR não irá emitir novas AET no dia 26, retornando as atividades normalmente na segunda-feira (29).

Acesse o Portal AET do DER/PR para emitir a documentação. Dúvidas sobre AET: Coordenação de Engenharia de Trafego e Segurança Rodoviária do DER/PR, pelo telefone (41) 3304-8398 ou pelo WhatsApp (41) 9-9632-1774.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com fim do pedágio neste fim de semana, saiba como irá fluir o trânsito nas praças do Paraná

Com o fim da concessão do pedágio no Paraná, as estradas serão liberadas a partir da 0h do próximo domingo (28). Segundo comunicados divulgados pelas concessionárias Caminhos do Paraná, Ecovia, e Ecocataratas o fluxo passará a ser feito pelas pistas automáticas, localizadas ao lado direito das rodovias.

As pistas automáticas são aquelas em que a liberação ocorre por dispositivos instalados dentro de veículos, como os fornecidos pelas empresas Sem Parar, ConectCar e Veloe. Com o fim do pedágio, as cancelas estarão abertas nestes locais.

“Será feita uma canalização do fluxo, em ambos os sentidos, nas pistas que hoje são automáticas, onde os usuários deverão estar atentos a sinalização, tendo em vista que haverá uma redução de velocidade para passagem pela praça de pedágio”, explica o gerente de Engenharia da Ecovia, Jean Zolett.

A Econorte alerta que os motoristas deverão trafegar com atenção para as possíveis alterações de trânsito, sempre respeitando a sinalização dos locais.

A mudança é válida a partir de sábado (27) nos pedágios de Jacarezinho, Jataizinho, Sertaneja (relativos à Econorte); Arapongas, Mandaguari, Presidente Castelo Branco, Floresta, Campo Mourão, Corbélia (relativos à Viapar); e São Miguel do Iguaçu, Céu Azul, Cascavel, Laranjeiras do Sul e Candói (relativos à EcoCataratas).

A partir de domingo (28), a nova lógica também será aplicada para os pedágios de Prudentópolis/Relógio, Irati, Porto Amazonas, Imbituva, Lapa (relativos à Caminhos do Paraná); Balsa Nova, Palmeira, Carambeí, Jaguariaíva, Tibagi, Imbaú, Ortigueira (relativos à Rodonorte); e São José dos Pinhais (Ecovia).

Fim do Pedágio

Em todo o Paraná, o fim do pedágio vai ocasionar a desativação das cabines até que nova concessão seja feita. As rodovias passam a ser de responsabilidade do Governo do Paraná.

A CCR Rodonorte cita em comunicado público que “todos os serviços de atendimento aos cliente e conservação do sistema deixam de ser prestados pela companhia”.

A mesma situação acontece com as demais empresas. A Viapa lembra que as empresas deixam de fazer a manutenção das rodovias e de operar as ambulâncias, guinchos, caminhões pipa, caminhões boiadeiros e inspeção de tráfego. Também encerra as atividades no monitoramento de câmeras nas rodovias.

Guinchos

Na última semana, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) publicou edital para contratar os serviços de guincho mecânico nas rodovias estaduais e federais do Anel de Integração após o fim do pedágio. O investimento previsto é de R$ 105.226.488,00, com prazo de duração de um ano.

Serão serviços de guincho leve e pesado, para desobstrução de pista e remoção de veículos, e operações de atendimento mecânico, como troca de pneus, carga elétrica, entre outras.

O edital prevê ainda a inspeção de tráfego, com equipes específicas para percorrer 100% da malha do Anel de Integração ao menos 3 vezes ao dia, verificando a necessidade de assistência aos usuários, inspecionando as pistas e participando ativamente na ocorrência de neblina, incêndios, acidentes e outras situações, providenciando sinalização de emergência, desvios de tráfego e demais apoios.

Informações Banda B

Orquestra de Cordas Arte & Vida realiza concerto em Foz do Iguaçu

As apresentações acontecerão no Parque Nacional do Iguaçu e no Marco das Três Fronteiras

A Orquestra de Cordas Arte & Vida de Arapongas realizará concertos no próximo final de semana, na cidade de Foz do Iguaçu – Paraná. No dia 27 (sábado), a Orquestra se apresentará às 10 horas, no Parque Nacional do Iguaçu, e às 17 horas, no Marco das Três Fronteiras.

O repertório contempla músicas clássicas, internacional e popular, com arranjos adaptados de Xodó (Dominguinhos), Garota de Ipanema (Antonio Carlos Jobim), entre outras. Os concertos são patrocinados pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, e conta ainda com a parceria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Grupo Cataratas.

“Esta grandiosa oportunidade de nossos músicos, oriundos de projeto social, se apresentar neste destino turístico tão magnífico do nosso país, engrandece o trabalho sócio-cultural que realizamos com todo esforço e dedicação”, destaca Marcelo Emygdio, Diretor da Arte & Vida.

Sobre o Parque Nacional do Iguaçu e o Marco das Três Fronteiras

O Parque Nacional do Iguaçu é uma Unidade de Conservação, localizado no Oeste do Paraná, na divisa do Brasil com a Argentina. O parque é um Patrimônio Natural da Humanidade e abriga as Cataratas do Iguaçu, Maravilha Mundial da Natureza.

O Marco das Três Fronteiras, o local mais charmoso de Foz do Iguaçu, está localizado na fronteira da cidade brasileira de Foz do Iguaçu com as fronteiras de Puerto Iguazú (Argentina) e Presidente Franco (Paraguay). O local demarca os encontros dos Rios Iguaçu, o Rio das Cataratas, com o Rio Paraná, o Rio da Itaipu Binacional.

Sobre a Arte & Vida

O Centro de Convivência Arte & Vida foi fundado no ano de 2005 na cidade de Arapongas – Paraná, e atende 250 beneficiários com as oficinas de música instrumental, ballet clássico, ginástica rítmica, artes cênicas, karatê, além de manter a Orquestra, que é composta por 50 integrantes, em sua maioria crianças, adolescentes e jovens, carentes, que tem na música a oportunidade de mudança de paradigma. Mais informações estão disponíveis no site: www.arteevida.org.br

Créditos fotografia: Arion Saso

Serviço
Apresentações Orquestra Arte & Vida

Parque Nacional do Iguaçu: 27 de novembro (sábado), às 10 horas
Marco das 3 Fronteiras: 27 de novembro (sábado), às 17 horas

Redes Sociais Arte & Vida
Instagram: instagram.com/ongarteevida/
Facebook: facebook.com/ongarteevida
Youtube: youtube.com/c/ONGArteVida/

Most Popular Topics

Editor Picks