0 Shares 231 Views

Coluna Boca Maldita desta segunda, 01

1 de fevereiro de 2016
231 Views

assembleia legislativa

Alep retoma sessões terça, 2
Assembleia Legislativa promove nesta terça-feira (2), a instalação dos trabalhos da 2ª Sessão Legislativa da 18ª Legislatura. A reunião começa no horário regimental – 14h30. O ato está previsto na Constituição do Estado e prevê que os trabalhos vão até 17 de julho, quando param para o recesso, e de 1º de agosto a 22 de dezembro. A sessão não terá Ordem do Dia, mas durante os trabalhos, o presidente Ademar Traiano (PSDB) anuncia a pauta normal da plenária seguinte: quarta-feira (3), às 14h30.

Comissões
Aos poucos as comissões permanentes também retomam as atividades. Na quarta, a partir das 14h, acontece a primeira reunião do ano da Comissão de Finanças. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) promove a primeira reunião no dia 9 (terça-feira), as 13h30 no Auditório Legislativo.

Toffoli no Paraná
O presidente do TSE, Dias Toffoli, estará em Curitiba no próximo dia 12 para a posse formal do desembargador Luiz Fernando Tomazi Keppen, na presidência do Tribunal Regional Eleitoral. No mesmo, adianta a Folha de Londrina, dia será a posse do novo corregedor, Adalberto Jorge Xisto Pereira.

Richa em Brasília
O governador Beto Richa (PSDB) participa hoje (1º de fevereiro), em Brasília, do encontro com o ministro Nelson Barbosa (Fazenda) com os governadores dos estados. Na pauta, o novo indexador das dívidas dos estados com a União, liberação dos empréstimos internacionais travados na Secretaria do Tesouro Nacional e a tentativa de unificar a cobrança do ICMS pelos estados.

Violência sem limite
Um grande número de homicídios marcou o final de semana na região de Londrina, Norte do Paraná. Segundo as investigações, tudo começou após um policial ser baleado e não resistir, na noite de sexta (29). Após a morte do policial, uma série de ataques foi registrada, resultando em 10 mortes até a manhã de sábado (30).

Policiais mortos
A morte do policial em Londrina engrossou a estatística de homicídios contra os agentes da lei. Pelo menos 5 policiais foram mortos só no primeiro mês de 2016.

Gleisi e as delações
Operador do esquema da Lava Jato preso na 18ª fase da operação, Alexandre Romano está negociando acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República, pois o caso envolve políticos com prerrogativa de foro. Um investigador da Lava Jato de Curitiba, segundo a imprensa, diz que o acordo pode complicar a vida da senadora Gleisi Hoffmann.

Livre comércio
A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara Federal aprovou proposta que cria área de livre comércio no município de Barracão, no Sudoeste do Paraná. A medida, prevista no Projeto de Lei 2096/15, do deputado João Arruda (PMDB), busca estimular o desenvolvimento econômico e social da região com isenções e benefícios às importações.

Biometria
O último dia para o recadastramento biométrico na Justiça Eleitoral em Cascavel e Ponta Grossa, sexta-feira (29 de janeiro), foi marcado por longas filas e espera. Milhares de eleitores deixaram para fazer o procedimento para a última hora. Eles deverão contar com a complacência da Justiça Eleitoral, que estuda prorrogar o recadastramento nestas cidades.

Bem na foto
Em Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu os eleitores parecem estar mais atentos. Segundo reportagem de A Gazeta do Iguaçu do último sábado (30), mais de 40% já fizeram o procedimento.

Cabidão
A comparação da Petrobras às concorrentes ajuda a explicar a trágica situação da estatal brasileira. Enquanto ela paga salários a 315 mil funcionários, entre efetivos (84.000) e terceirizados (231.000), lucrando US$1 bilhão em 2014, a Shell, a Exxon e a British Petroleum (BP), juntas, empregam 262 mil, com lucros de US$ 58,6 bilhões no mesmo ano.

Horror da microcefalia
A Folha de S.Paulo veiculou ontem (31 de janeiro) extensa reportagem relatando que grávidas com diagnóstico de infecção pelo vírus da zika estão recorrendo ao aborto clandestino antes mesmo da confirmação se o feto tem ou não microcefalia. Os preços do procedimento em clínicas particulares e clandestinos variam de R$ 5 mil e R$ 15 mil, dependendo da estrutura e do estágio da gestação. É o horror!

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.