por 10:03 Assunto

Coluna Boca Maldita desta quinta, 15

Coluna Boca Maldita desta quinta, 15

Momento de cautela
O deputado Chico Brasileiro (PSD) optou pela cautela com o resultado de terça-feira (13) no plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que confirmou a impugnação da candidatura de Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) e a realização de nova eleição em Foz do Iguaçu. “Vamos agora conversar com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para sabermos as regras do novo pleito, até para os partidos que nos apoiaram no pleito, poderem se reorganizar”, disse ontem (14) em entrevista aos jornalistas que cobrem as sessões da Assembleia Legislativa.

Urgência
Para Chico Brasileiro, a Justiça Eleitoral precisa “definir com urgência” uma nova data para escolha do prefeito de Foz do Iguaçu. “Estamos a duas semanas da posse dos prefeitos em todo o país e Foz continua nessa indefinição”, ressaltou. Ele reafirmou que a Lei Eleitoral também deva ser alterada para evitar que pessoas impedidas pela Justiça participem de campanhas eleitorais.

Contexto
No pleito de 02 de outubro, Paulo Mac Donald recebeu pouco mais de 58 mil votos, que foram considerados nulos pelo TRE. Chico Brasileiro recebeu pouco mais de 54 mil votos, aproximadamente 67% dos votos válidos. Até a nova eleição, o Executivo de Foz será conduzido pelo presidente da Câmara de Vereadores, que será eleito no dia 1º de janeiro de 2017.

Vaga de Verri
O deputado Enio Verri (PT) já avisou o irmão, vereador Mário Verri (PT) em Maringá, que não vai disputar a reeleição e se candidatar novamente a Assembleia Legislativa em 2018. O irmão pretendia disputar uma vaga no legislativo estadual e dobrar com irmão deputado. Em 2014, os dois dobraram e só o irmão deputado federal se elegeu. Mario Verri fez somente 27.505 votos. A vaga de Enio Verri na disputa do legislativo federal deve ser ocupada pela senadora Gleisi Hoffmann (PT).

Com Temer
O ex-governador Orlando Pessuti tinha encontro ontem em Brasília com o presidente Michel Temer. Aos mais próximos, Pessuti adiantou que voltaria da capital com a intervenção do PMDB do Paraná, hoje controlado pelo senador Roberto Requião, que tem votado contra o governo Temer no Congresso Nacional. Até o fechamento da coluna, nenhuma novidade ainda.

R$ 56 bilhões
Os deputados concluíram ontem a votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2017 do Estado do Paraná. A LOA (projeto de lei nº 463/2016) estabelece uma receita corrente líquida de R$ 56 bilhões entre receitas e despesas do governo estadual para o próximo ano, comentou o líder do Governo, Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Dom Evaristo, adeus
Morreu ontem, por volta das 11h45, o arcebispo emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, aos 95 anos. Ele estava internado desde o dia 28 de novembro no Hospital Santa Catarina, em São Paulo. De acordo com o comunicado do hospital, Dom Evaristo faleceu em decorrência de falência múltipla de órgãos e será velado na Catedral da Sé, em São Paulo, numa cerimônia que deve durar 48 horas. O corpo deverá será enterrado na cripta da catedral.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com