por 12:01 Assunto, Coronavírus no Paraná, Educação, Foz do Iguaçu

Colégio em Foz do Iguaçu é fechado após educadora testar positivo para Covid-19

Um colégio estadual de Foz do Iguaçu foi fechado depois que uma educadora foi diagnosticada com Covid-19. Ela participou da formação pedagógica presencial, imposição da Secretaria Estadual de Educação (Seed) e do Núcleo Regional de Educação (NRE), mesmo com a pandemia fora de controle.

A profissional recebeu o exame que comprovou a contaminação somente no sábado, 13. Como ainda não tinha obtido o teste, foi obrigada a participar presencialmente dos dias pedagógicos. Os(as) educadores(as) do estabelecimento de ensino deverão fazer teletrabalho.

A APP-Sindicato/Foz alertou e denunciou a imposição da formação pedagógica presencial sem que as condições sanitárias nas escolas tenham sido garantidas pelo Governo Ratinho Junior (PSD). Essa ocorrência também antecipa o que será a eventual volta às aulas presenciais, uma exposição de professores(as), funcionários(as), estudantes e suas famílias à covid-19.

Em casos de contaminação pelo novo coronavírus, o sindicato orienta o(a) trabalhador(a) da educação a preencher a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) e encaminhá-lo ao NRE e à direção da escola. O(a) educador(a) também deve formalizar a situação junto à Vigilância Sanitária e ao Ministério Público do Paraná.

Vale lembrar que o Supremo Tribunal Federal (STF) reconhece a covid-19 como doença ocupacional. Com isso, os(as) profissionais podem ter acesso a benefícios previdenciários, proteção mínima ao(à) trabalhador(a) afetado pelo vírus.

A APP-Sindicato/Foz reforça para que os(as) servidores(as) fiquem atentos aos sintomas da doença e não compareçam às escolas caso apresentem sinais de covid-19./[[

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com