0 Shares 381 Views 1 Comments

Cofen mantém impugnação chapa 2 na disputa da eleição do conselho no Paraná

15 de setembro de 2017
381 Views 1

O Cofen (Conselho Federal de Enfermagem) indeferiu o recurso impetrado pelo enfermeiro Luis Eugênio Miranda, ex-presidente do Coren/Paraná (2012/14) que pedia efeito suspensivo de todo o processo eleitoral via internet no próximo dia 1º de outubro. Nesta data, enfermeiras e enfermeiros de todo estado vão eleger a nova diretoria do conselho estadual.

A chapa 2 liderada por Luis Eugênio pretendia concorrer às eleições ao Coren/PR mas não apresentou todas as certidões exigidas, o que resultou no indeferimento pela comissão eleitoral e confirmada pelo Conselho Federal de Enfermagem, onde ele recorreu contra as normas do código eleitoral.

A chapa 3, também composta por ex-dirigente da autarquia, ainda aguarda resposta do Cofen e da Justiça Federal quando a sua viabilidade eleitoral.

A única apta para o pleito é a Chapa 1 liderada pela enfermeira Simone Peruzzo, atual presidente do Coren/PR.

Mais notícias para você:



One Comment

  1. Não é verdade que a chapa 3 aguarda respostas do COFEN, tal resposta POSITIVA já foi foi dada na última ROP da autarquia e publicada no GTAE 41/2017. Amanhã será enviada ao COFEN a denúncia por propaganda irregular da chapa 1, incluindo a publicação deste blog, o qual também tem responsabilidade por publicar notícias inverídicas. Tal ato está induzindo em erro os votantes no pleito 2017. Também não é verdade que aguarda resposta da Justiça Federal, pois não houve judicialização do tema, uma vez que o COFEN DEFERIU a candidatura da chapa. Juliane Ulrich – advogada da chapa 3 – OAB/PR 65.361

    Reply

Deixe um comentário

Your email address will not be published.