0 Shares 245 Views

Codefoz e as ações para turismo de Foz

19 de abril de 2013
245 Views

CodefozReni

O prefeito Reni Pereira participou, nesta quinta-feira (18), da 4ª reunião do Conselho de Desenvolvimento de Foz de Iguaçu (Codefoz), no auditório da Associação Comercial e Industrial (Acifi). Na reunião, o Codefoz apresentou uma série de ações para o desenvolvimento do turismo da cidade e da Tríplice Fronteira entre Brasil, Paraguay e Argentina.

“O Codefoz já está tendo uma participação fundamental para o planejamento e o desenvolvimento social, econômico e cultural de Foz do Iguaçu”, disse Reni. Além do prefeito, participaram da mesa diretora do encontro a vice-prefeita e secretária de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Indústria e Comércio, Ivone Barofaldi, o presidente do Codefoz, Danilo Vendrusculo, o vice-presidente, Jorge Samek e o secretário-geral, Jaime Nascimento.

Leia mais sobre a reunião clicando no (mais…)

SEC Turismo – O Núcleo de Gestão Integrada de Projetos da Secretaria Municipal de Turismo foi à primeira apresentação. Segundo o secretário de turismo, Jaime Nascimento o Ministério do Turismo publicou uma portaria (A Portaria 112, de 09 de Março de 2012, estabelece regras e critérios para a formalização de instrumentos de transferência voluntária de recursos para apoio aos programas que visem ao desenvolvimento do Turismo.) que quem consegue captar recursos da área de turismo são as apenas Prefeituras e Órgãos Governamentais. “As entidades privadas e as Organizações Não-Governamentais (ONG’s) têm grande dificuldade com essa portaria para captar recurso. Então, para captar, a Prefeitura de Foz vai contar com a Gestão Integrada de Projetos”.

O secretário Jaime Nascimento também mostrou como funcionará o trabalho dentro da Secretaria. “A Gestão Integrada de Projeto é uma ação entre a Prefeitura, representada pela Secretaria de Turismo, Iguassu Convention Visitours Bureau (ICBV), Itaipu Binacional e o Fundo de Promoção e Desenvolvimento do Iguaçu (Fundo Iguaçu). São as entidades que estão aportando recursos e que tem um protagonismo. E o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) que representada o guarda-chuva e representa todas as outras entidades. Aos poucos nós vamos buscar as questões de consenso”, completou.

Beira Foz – O diretor superintendente da Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (FPTI), Juan Carlos Sotuyo atualizou informações sobre o projeto Beira Foz. Sotuyo divulgou o resultado da reunião com os ministros da justiça, José Eduardo Cardozo e do meio ambiente, Izabella Mônica Vieira Teixeira. “Fizemos uma apresentação em fevereiro em Brasília e o ministro nos pediu para trabalhamos em três frentes: Justiça e Segurança, Sistema Viário, Habitação e Promoção Social”. O diretor afirmou também: “Cada vez que fazíamos apresentações para o ministro (José Eduardo Cardozo), ele pedia mais detalhes, conceitos, prazo e custo”. Segundo Sotuyo o projeto deverá ser apresentado à presidenta Dilma (Roussef), ainda este ano.

Viaduto Paraná – O presidente da Associação de Arquitetos e Urbanista de Foz do Iguaçu, Leandro Costa e representante da Câmara Técnica de Cosntrução Civil e Setor Imobiliário do CODEFOZ falou sobre o projeto do Viaduto da BR 277 com a Avenida Paraná. Segundo ele, a Câmara quer colaborar ao plenário, discussões sobre o projeto. “Não queremos polemizar, apenas abrir um fórum de discussões”, finalizou.

PIA – O presidente do Codefoz apresentou ao plenário a empresa Stadium, do empresário José Carlos Teodoro. A empresa venceu a disputa contra outras duas interessadas na produção do projeto arquitetônico de revitalização e iluminação da Ponte Internacional da Amizade (PIA). O valor do orçamento é aproximadamente em R$ 136.000,00 e será provavelmente custeado pelo Fundo Iguaçu. O presidente do Fundo, Gilmar Piola colocou que a proposta será discutida em reunião extraordinária. “Vamos debater sobre o assunto e logo traremos uma definição ao plenário”, afirmou.

Visão Nacional – O secretário nacional de políticas de turismo do Brasil, Vinícius Lummertz, representando o ministro do turismo, Gastão Dias Vieira analisou o contexto turístico de Foz do Iguaçu. “Temos que construir em Foz ícones arquitetônicos, marcas, elementos sutis e outros elementos sedutores de outro”. O ministro elogiou o trabalho realizado para a captação e promoção do X-Games. “Parabéns, vocês fizeram algo fora da curva. É muito, muito importante, o que vocês fizeram hoje aqui”. Modelo de turismo de Foz pode ser exemplo no Brasil. “Eu sinto que o negócio ta quase encaixando. Teremos que ter outros níveis de percepções no setor comercial. O técnico está indo muito bem e outro nível de percepção política para que transforme isso aqui em um programa do Brasil, de interesse do Brasil. E que seja modelo para alguns outros no Brasil”, finalizou.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.