0 Shares 2482 Views

Cida garante apoio a memorial que homenageia o artista João Turin

19 de dezembro de 2018
2482 Views

A governadora Cida Borghetti formalizou nesta quarta-feira (19) um convênio com a prefeitura de Curitiba para o repasse de R$ 1,4 milhão para o projeto do Memorial Paranista, que vai abrigar o Jardim das Esculturas João Turin, uma homenagem a um dos grandes nomes das artes plásticas do Estado. A parceria foi assinada com o prefeito Rafael Greca. O recurso é da Copel, via Lei Rouanet. O projeto será implantado no parque São Lourenço, na capital.

Na solenidade, realizada na prefeitura, Cida também assinou convênio, para o repasse à capital, por meio do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), de R$ 300 mil, ao longo de dois anos. O dinheiro será utilizado pela prefeitura para abrigar e cuidar de animais silvestres apreendidos pela polícia ambiental. Além disso, também foi assinada ordem de serviço para a implantação, com o apoio da Copel, de painéis solares no telhado do Palácio 29 de Março, sede do governo municipal. “O Paraná é esse Estado diferenciado, porque preserva e colabora com o meio ambiente, incentiva a cultura, por meio de leis estaduais, e investe constantemente em projetos de sustentabilidade”, disse a governadora.

O prefeito Rafael Greca salientou que o governo tem trabalhado em conjunto com a prefeitura para o desenvolvimento de Curitiba. “O Estado é parceiro da cidade não só nos convênios formalizados hoje, mas também em diversos outros projetos, como por exemplo a integração do transporte metropolitano”, disse.

MAIOR JARDIM – O memorial será o maior parque de esculturas do país e ficará em uma área do Parque São Lourenço. O projeto será elaborado pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), em conjunto com a Fundação Cultural de Curitiba. A previsão é que seja implantado entre 2019 e 2020.

“Uma obra importante que vai eternizar a memória do paranista João Turin, um dos grandes expoentes da arte do nosso Estado”, afirmou Cida Borghetti. Turin é o ícone do Movimento Paranista, que aconteceu entre as décadas de 1920 e 1930. Nascido em Morretes, em 1878, o artista plástico é considerado o precursor da escultura no Paraná.

No Memorial Paranista haverá 78 peças à disposição do público. “A ideia é reproduzir em escala maior que o original todas as peças de destaque desse importante artista, que influenciou fortemente as artes plásticas”, disse o prefeito Rafael Greca.

ANIMAIS SILVESTRES – Com o convênio formalizado com o Instituto Ambiental do Paraná, a prefeitura de Curitiba passará a receber e abrigar, a partir de janeiro, animais silvestres apreendidos pela polícia ambiental, por seus próprios fiscais e também os que forem entregues voluntariamente pelos cidadãos. Até então, esses animais eram cuidados por funcionários do IAP, mas não havia um local adequado para isso.

“A partir desse convênio, portanto, nós vamos ter um lugar próprio para destinar esses animais apreendidos, pois eles geralmente chegam machucados e com estresse e precisam de muitos cuidados”, disse o diretor-presidente do IAP, Luiz Carlos Manzato. O local utilizado para o cuidado dos animais, segundo o prefeito, será o Zoológico Municipal de Curitiba.

ENERGIA – Os painéis solares no telhado do Palácio 29 de Março serão colocados pela empresa Quantum Engenharia, vencedora do processo licitatório. Também será feita a substituição das lâmpadas atuais por lâmpadas de LED.

O investimento, que soma quase R$ 1 milhão, é proveniente do Programa de Eficiência Energética da Copel Distribuição, regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica(Aneel). “A companhia investe e apoia projetos de sustentabilidade”, disse o diretor de comunicação e marketing da Copel, Paulo Cesar Krauss. Essas iniciativas vão gerar 50% no consumo de energia no Palácio 29 de Março. “Estamos caminhando para transformar Curitiba em uma cidade ainda mais moderna”, afirmou Rafael Greca.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro; a subprocuradora geral de Curitiba, Rosa Maria Alves Pedroso; a secretária municipal de Meio Ambiente, Marilza Dias: a ex-governadora Emília Belinati; e o representante da empresa Quantum Engenharia, Murilo Vill Magalhães.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.