por 14:00 Paraná Produtivo

China importa quase metade da carne brasileira

A China importou quantidade recorde de carne em março devido a preocupações sobre abastecimento, com os plantéis de suínos ainda sob o impacto da peste suína africana. As importações totais, incluindo miúdos, ultrapassaram 1 milhão de toneladas, um aumento de 44% em relação a fevereiro, depois que novas cepas do vírus da peste suína afetaram muitos animais, especialmente no norte da China. As importações sobem há meses: os portos receberam um recorde de 10 milhões de toneladas em 2020, 60% a mais do que no ano anterior, para aumentar o abastecimento doméstico. As fortes compras da China levaram investidores no mercado futuro de suínos de Chicago a aumentar apostas altistas para o maior nível desde novembro de 2017. O recorde das importações em março coincidiu com vendas de criadores de suínos, assustados com novos surtos da peste suína africana e proibições de transporte de porcos vivos.

Confira mais notícias sobre economia, empreendedorismo e agronegócio na coluna Paraná Produtivo.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com