por 16:33 Chico Brasileiro, Destaques, Obras e infraestrutura

Chico Brasileiro terá segundo mandato de ‘muitas obras’ em Foz do Iguaçu

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) assume nesta sexta-feira, 1º de janeiro, o segundo mandato em Foz do Iguaçu e vai entregar uma série de obras entre 2021 e 2022. A prioridade, não poderia ser outra, é vacinar a população contra o coronavírus, o que deve ocorrer ainda no primeiro trimestre, mas os próximos dois anos prometem ao prefeito. As grandes obras de infraestrutura, a maioria custeada pela Itaipu, estarão prontas.

A posse de Chico Brasileiro será às 17h na Câmara de Vereadores, terá público restrito, e será transmitida pelos canais de comunicação do legislativo: Facebook e Youtube. Na mesma solenidade será empossado o vice-prefeito eleito, Delegado Francisco Sampaio (PSD). 

Antes, às 14h, será a posse dos 15 vereadores eleitos e reeleitos. Em seguida, terá a eleição da nova Mesa Diretora (novo presidente) e das comissões permanentes do legislativo.

Bairros – As obras municipais nas áreas de educação,saúde, habitação, mobilidade urbana e meio ambiente também serão entregues por Chico Brasileiro. “Vamos continuar com um conjunto de obras nos bairros, teremos grande obras de infraestrutura, e apoio forte dos governos estadual e federal e da Itaipu Binacional. Essas obras vão continuar criando empregos tão necessários e urgentes”, disse Chico Brasileiro.

Numa rápida conta, as obras em Foz do Iguaçu estão criando três mil empregos. Já em janeiro, a construtora responsável pela Perimetral Leste inicia a pavimentação da ligação de 15 quilômetros entre as BRs 277 e 469. A obra vai criar 50 empregos diretos e mil indiretos. Até final de março ou início de abril, uma nova frente de trabalho será aberta com a duplicação dos oito quilômetros da Avenida Cataratas.  

Em 2021, Chico Brasileiro vai entregar a revitalização do Bosque Guarani, do Centro de Educação Ambiental do Iguaçu e do Horto Municipal e reforma do Terminal de Transportes Urbano. Vai entregar as obras de três novos Cmeis (centros municipais de educação infantil) no Profilurb, Loteamento Buenos Aires e Jardim Jupira.

Asfalto – Na educação em curso, estão a reconstrução da Escola Gabriela Mistral, a reforma e ampliação das escolas João Adão da Silva e Altair Ferraz “Zizo”. “Transformar Foz do Iguaçu num canteiro de obras públicas vai contribuir, em muito, na retomada da economia  e na criação dos empregos esperados”, defende o prefeito.

A meta de Brasileiro é asfaltar 100% da cidade nos próximos quatro anos, o que demanda a contratação de várias frentes de trabalho, junto com as obras de drenagem em curso. Entre elas, a canalização da bacia do Rio Mimbi, a drenagem no bairro Monjolo, região do Jardim Central e Parque Monjolo.

“Os governos municipal, estadual e federal devem conduzir, com clareza e discernimento, os próximos anos, com programas, projetos e ações que foquem em objetivos concretos que vão desde ampliação das políticas compensatórias, ao incentivo às empresas, aos empreendedores, e que resultem na criação de empregos em setores estratégicos como o do serviços e a construção civil, que dão respostas mais rápidas na abertura de postos de trabalho”, completa Chico Brasileiro.

Fechar